Depois de vos ter falado da criolipólise, este sábado tive a oportunidade de ir à clínica Génese do Tempo, no Porto, experimentar em primeira mão este tratamento. Não vou entrar em grandes detalhes sobre os detalhes mais técnicos do tratamento porque já o fiz NESTE POST e porque o que acho mais relevante agora é falar da minha experiência. 

O espaço: Génese do Tempo
Localizada na Foz velha do Porto, uma zona com uma vista linda e óptima para se passear, a clínica é facilmente reconhecida pelo logótipo verde pintado na parede branca mesmo em frente ao rio (pode-se ir de autocarro no 500 que se apanha no centro, em São Bento).
O espaço é muito clean e acolhedor, e dispõe de vários tratamentos de emagrecimento, cabeleireiro, dentista, nutrição, manicure/pedicure e muito mais, ou não fosse uma clínica anti-aging e fisioestética. 
Os profissionais são atenciosos e formados, tanto que são mesmo enfermeiros quem nos fazem os tratamentos, o que é reconfortante uma vez que estes tratamentos são normalmente muito caros e queremos ter a certeza que estamos a ser bem atendidos. A enfermeira que me recebeu colocou-me algumas perguntas antes de iniciar o tratamento para ter a certeza que eu poderia faze-lo, especialmente a nível do colesterol porque quem tem níveis de colesterol elevado deve primeiro regulariza-los com medicação antes deste tipo de procedimentos. Isto porque a gordura que é, neste caso, “cristalizada” vai entrar na corrente sanguínea e fazer aumentar os valores de colesterol.

A máquina, à direita, e a “maca” onde ficamos deitados durante o tratamento
Então vamos lá ao que interessa…
O tratamento: Criolipólise
Este tratamento é um pouco diferente da cavitação, que já estou habituada a fazer. Como faço na zona dos flancos, é preciso trabalhar os dois lados e neste tratamento cada lado é trabalhado durante 45 minutos (o que origina um total de 1h30 minutos), enquanto que na cavitação os 45 minutos são o total (ou meia hora em alguns locais).

O tratamento é feito com um manípulo que faz a sucção da pele/gordura (ver foto abaixo), cuja intensidade depende do tipo de gordura da zona a tratar. Ao mesmo tempo, existem duas placas metálicas no interior do manípulo que ficam em contacto com a pele e que accionam a temperatura. Começa pelo quente, nos primeiros 5 minutos (até aos 42 graus) e, depois, desce progressivamente até aos -5, porque o frio é o elemento chave deste tratamento e é com ele que a gordura vai desaparecer. 

Aqui está o dito manípulo, por dentro, com as placas que fazem a magia acontecer
E o manípulo visto de fora.

Não é doloroso, de todo. A sucção apenas incomoda um pouco ao início (um minuto, se tanto), mas rapidamente o corpo adapta-se e deixei de sentir que tinha uma máquina a “chupar-me” a carninha de lado. Nota-se, também, quando a temperatura começa a baixar mas também estabiliza rápido. Nada que seja doloroso e impossível de aguentar, garanto-vos (nada como a mesoterapia com agulhas, isso sim é dor)! E logo eu, que sou a maior pieguinhas de sempre, estive sempre com vontade de dormir uma sesta, tal era o conforto

Passados os 45 minutos de um dos lados, o vácuo pára de repente e parece que aquela zona respira de alívio. Quando a enfermeira Ângela me veio fazer a troca e tirar o manípulo daquela zona, a pele onde tinha incidido estava completamente vermelha, tinha uma espécie nódoa negra/pisadura a formar-se e estava sensível. Confesso que assusta um pouco, na altura, vermos o estado da nossa pele assim mas como estava entregue a uma clínica conceituada e a uma enfermeira, respirei fundo e prossegui para o outro lado, acreditando nas palavras da enfermeira Ângela em como a vermelhidão e pisadura iriam desaparecer em breve, enquanto me aplicava uma camada de Biafine na zona sensível.  E assim foi: a vermelhidão desapareceu em parte durante os 45 minutos do outro lado, tal como a sensibilidade, que desapareceu na totalidade.

A vermelhidão (com o creme por cima) logo após ser retirado o manípulo
Após várias horas, ainda havia vermelhidão no local mas não sentia nada ao tocar naquela zona. Sim, as imagens são também “assustadoras” mas garanto-vos que não tenho qualquer dor. Ainda por cima levei calças de cintura subida para usar o dia todo após o tratamento e nem por um momento senti o que quer que fosse devido à pele a roçar nas calças. Tudo tranquilo.

A vermelhidão no próprio dia, à noite, mesmo antes de ir dormir

O pós-tratamento

Uma vez terminada a sessão, é recomendado que se faça uma sessão de tratamento de drenagem, como a pressoterapia, para ajudar a eliminar a gordura que entrou na corrente sanguínea depois de congelar. Bem sei que nem todas temos possibilidade de adquirir um tratamento como a crilipólise, mas é  recomendado. 
Uma vez que o objectivo é drenar para ajudar a expelir as gorduras, deve-se beber MUITA água e evitar ficar sedentário. Ou seja: pelo menos caminhadas longas diárias para o corpo suar (e a gordura sair pelo suor). Eu sei, a altura da Páscoa não foi a melhor para fazer este tipo de tratamento mas como os chocolates e amêndoas não me dizem grande coisa, até nem foi assim tão difícil. No próprio dia comi 3 tostas integrais para o pequeno-almoço, acompanhado por chá verde, e o almoço foram duas bananas porque entretanto o tratamento atrasou-se uma hora e já não tive tempo de ir almoçar a casa. 
Os resultados: 
Sem contar com a vermelhidão e uma pisadura (que, a meu ver, são um preço irrisório face à promessa deste tratamento), os resultados são promissores. A parte chata é que não são imediatos. Passo a explicar…
Ao contrário de tratamentos como a cavitação, em que os centímetros a menos são vistos no final de cada sessão, na criolipólise é preciso um mês para se começarem a ver os resultados, porque a gordura cristalizada irá demorar algum tempo a ser expelida, na totalidade, do organismo. E, claro, quanto mais fizermos em termos de drenagem para o ajudar, melhor (água, exercício físico, drenantes, tratamentos, etc). 
Os resultados finais, de acordo com a conversa que tive com a enfermeira que me fez o tratamento, só serão visíveis passados três meses. Portanto, só em Julho poderei concluir a 100% e apresentar o veredicto final. A melhor parte é que se diz que os resultados são a longo prazo (não quero dizer definitivos porque tenho algumas reticências naquilo que dizem que é para sempre) e que a gordura que foi “congelada e cristalizada” com o tratamento não volta a aparecer naquela zona. Seria simplesmente PER-FEI-TO que assim fosse, porque eu já não sei o que hei de fazer a estes flancos que, emagreça o que emagrecer, teimam em não sair. E pronto, acredito que possa mesmo ser algo a longo prazo se continuarmos/começarmos a ter um estilo de vida saudável (comidinha boa e exercício físico) porque em milagres ainda não acredito.  

A máquina da criolipólise, em maior detalhe.

Quando repetir?
Passadas duas semanas, pode-se voltar a fazer uma sessão de criolipólise se esta for realizada noutra zona. Na mesma zona só é recomendado após um mês para que o corpo tenha tempo de recuperar na totalidade a tempo de uma nova investida. 
Como já tinha referido no primeiro post sobre este tema, há vários casos em que apenas uma sessão é suficiente para o pretendido, sendo que duas sessões serão mais que suficientes. 
Preços: 
A parte mais chata é o preço de cada sessão: 129€ (valor praticado pela clínica Génese do Tempo). que, embora não sendo um valor absurdo, está acima da média dos tratamentos de emagrecimento mais comuns em clínicas como a Biothecare Estétika (da qual sou fã pela relação qualidade/preço). 
Certamente haverá espaços mais acessíveis e até mesmo promoções em sites de descontos, mas recomendo pelo menos que investiguem o espaço e os funcionários antes de fazerem algo deste género. O nosso corpo é mesmo o nosso templo, e temos de ter a certeza que somos bem entregues porque, mesmo sendo um tratamento não invasivo como uma lipoaspiração, tem impacto no nosso corpo e deve ser realizado por bons profissionais. Na Génese do Tempo senti que fiquei bem entregue, quanto aos outros sítios, para este tratamento, não me posso pronunciar mas aguardo também pelo vosso feedback para saber se já experimentaram, onde, e se gostaram. 
Se tiverem curiosidade, e morarem na zona do Norte, não deixem de visitar este espaço e de se informarem sobre quais os tratamentos mais indicados para vocês, não só de emagrecimento mas de tudo o resto. Há de tudo um pouco. E aproveitem as campanhas de Abril (ver AQUI) que estão mesmo MUITO apelativas e que incluem um pacote de gordura localizada (criolipólise + lipolaser + pressoterapia por 150€). Podem comprar em Abril e usufruir depois, por isso não se acanhem!