O que vai dentro da minha mala

Nós, mulheres, trazemos milhares de coisas connosco todos os dias – umas mais necessárias, e outras menos. E, como este é um tema delicado para tantas de nós, decidi partilhar convosco o que vai dentro da minha mala, diariamente.

Posso dividir a minha mala em duas partes: o necessaire de beleza, e o resto. Comecemos pelo necessaire:

O que vai dentro da minha mala

Acho que só no momento em que tirei tudo para fora para fotografar é que me apercebi da quantidade de maquilhagem que anda comigo diariamente (e ainda falta o meu protector solar 50+ da Bioderma).

Costumo andar sempre com vários batons (ok, se calhar são demasiados), tanto para hidratar, como para dar cor. De hidratação alterno entre o Baby Lips Electro e o The Kiss, da Lush (o meu preferido de sempre e para sempre). Quanto a cor, tenho tanto o Gloss Me da Sleek MakeUp (que dá uma boa camada de cor, com boa duração, sem ficar com um look demasiado dramático) e o Ultra Colour Matte Grape da AVON (para quando vou ter um evento ou algo especial). Em tons claros também tenho um da The Body Shop, para uns lábios neutros.

Como complementos, adoro o pó compacto da AVON, bem como a palete de sombras da Primark (que uso juntamente com o pincel d’O Boticário). Não dispenso também o perfume da Equivalenza nesta versão portátil (número 137), o creme de mãos Honeymania da The Body Shop e uns pensos que recebi num press-kit da C&A (que dão um jeito tremendo quando os sapatos fazem feridas). Não podia faltar um rímel, neste caso o maravilhoso They’re Real, da Benefit Cosmetics. Quanto ao resto, aqui está ele:

O que vai dentro da minha mala

Não dispenso a presença do meu caderno/bloco de notas (que comprei na Ale-Hop), onde aponto as ideias que vou tendo ao longo do dia, quer de posts do blog, quer do trabalho. É também onde faço apontamentos dos livros que vou lendo e as minhas listas de afazeres. Acompanhado, claro, de uma caneta – neste caso a edição dourada da BIC (que já está um pouco gasta e a precisar de ser trocada pela prateada).

A carteira, claro, também nunca pode faltar e é a mesma há uns 4 anos. É da Blanco e tem-se mantido intacta ao longo dos tempos – e eu continuo a adorar o padrão. E, por último, o power bank/carregador portátil para o telemóvel, que encomendei na AVON e que me tem “salvo a vida” em muitas ocasiões.

E é isto – é toda esta “tralha” que anda comigo para todo o lado. Contem-me tudo: o que levam sempre nas vossas carteiras?