Be-Slim Living in Bs Shoes

8 de Março. Este é daqueles dias que sabemos que devem ser celebrados sempre, todos os dias mas onde o nosso impulso consumista vem ao de cima. Independentemente de saber que é uma data como tantas outras, acabo por ter uma desculpa “extra” para me mimar neste dia. Não necessariamente com bens materiais mas, por exemplo, com uma massagem ou um almoço num restaurante que gosto.

Acho que nós, mulheres, pomo-nos para trás vezes demais e acho que, sempre que possível, devemos lembrar-nos daquilo que merecemos. Afinal, bem sabemos que merecemos o mundo. Trabalhamos ou estudamos a tempo inteiro, saímos com os amigos, somos filhas e mães exemplares, dedicamo-nos de corpo e alma a relações e a pessoas fracassadas e amamos como só nós.

Digo-vos, é extenuante ser mulher. Se nos arranjamos e gostamos de andar bonitas, é porque somos fúteis. Se estamos tão desligadas do mundo que nem nos arranjamos, é porque somos desleixadas. Se estamos de bem com o nosso corpo, somos convencidas. Se nos sentimos complexadas, somos doentes. Se um homem solteiro (ou comprometido) anda com três ao mesmo tempo, é o maior. Se uma mulher solteira se envolve com um homem numa noite, é uma ordinária/vaca/… . E ainda, por vezes, porem em causa a nossa competência profissional, acusando-nos de só termos sido seleccionadas para uma função porque somos mulheres, ou porque somos bonitas. Já para não falar de termos de andar com o cabelo impecável, fazer a depilação em zonas altamente dolorosas, usar saltos e tantas outras coisas que a sociedade diz que “é de bem” mas que, no final do dia, nos cansa mais do que nos traz benefícios.

Que engulam a história do sexo fraco, porque eu pagava para ver um homem passar pelas dores de parto, ou ter de dar de mamar. Pagava para ver um homem aguentar todas as situações e preconceitos da sociedade de cabeça erguida como nós fazemos. Ainda temos de educar a sociedade que é OK ser uma mulher de 30 anos e não ter namorado. Que é OK nunca me casar. Que é OK não querer ter filhos. Que é OK ser uma mulher de sucesso na minha área e não depender de nenhum homem. Que é OK ser feliz sozinha, com os meus amigos apenas até que apareça alguém na minha vida que valha a pena juntar-se a mim. E que é OK se isso nunca acontecer, porque eu sozinha me chego e sobro. Não é fácil ser mulher, mas nós fazemo-lo na perfeição.

E portanto, se andam à procura de pretextos para se mimarem, pois então que este seja mais um deles. Mas que encontrem os pretextos que quiserem sempre, porque nós o merecemos.

Posto isto, e porque eu adoro mimar-me e gastar o dinheiro que ganho com muito suor todos os meses em mim própria, deixo-vos algumas ideias femininas para vocês, ou para as mulheres que admiram.