Lista de gratidão de 2018

O Natal não deve ser só uma época consumista, em que passamos os dias num rodopio a decidir que presentes vamos oferecer a quem, a enfiarmo-nos no trânsito para ir às compras e comprar um monte de presentes para provar que gostamos das pessoas. Não me interpretem mal – adoro oferecer e receber presentes no Natal. Mas, para mim, o Natal tem muito mais a ver com um estado de espírito. Uma espécie de luz que se acende cá dentro e que incentiva a deixar para trás as mágoas e os ressentimentos. Que me incentiva a perdoar e a dar novas oportunidades. Que me faz querer, ainda mais, rever a minha família e amigos e, simplesmente, passar bons momentos a conversar e a rir.

Tenho visto, aí pelas internets desta vida, alguns bloggers e influencers que me fizeram pensar em algo que raramente faço mas que tem tudo a ver com esta época – a gratidão. Julgo ser uma pessoa grata. Agradeço a Deus as oportunidades que me são dadas, as lições que me são ensinadas e todos os bons momentos que me são proporcionados. Mas, este ano, embora tivesse tido coisas menos boas, como foi o caso do falecimento do meu tio e padrinho, trouxe-me muitas coisas às quais devo ser grata.

Por isso, e para vos incentivar a fazer o mesmo, fiz a minha lista de gratidão de 2018.

Em três, dois, um…

Lista de gratidão de 2018

. Pelo meu novo emprego

. Pelo facto de o meu irmão ter conseguido o trabalho que queria e o ver tão realizado

. Por ter iniciado uma nova atividade física

. Por ter decorado o meu quarto como queria e me sentir “em casa”

. Por ver a minha mãe cheia de vida e energia, como não a vida há anos

. Pelo facto de a operação da minha avó ter corrido bem e já conseguir andar

. Pelo cancro do meu avô continuar controlado e já não dar (grandes) chatices

. Pela oportunidade de continuar a trabalhar como Blog Coach com bloggers cheias de motivação e projectos tão interessantes

. Pelas novas marcas que apostaram em mim e no meu blog, e pelas que continuam a fazê-lo há anos

. Pelas viagens que fiz à República Dominicana e ao Brasil que me permitiram conhecer dois países que ainda não tinha visitado

 

Qual é a tua Lista de gratidão de 2018?