#GayIsOK

Oh Lush, continuas a dar cartas no que diz respeito a boas causas, aliando-te a produtos fantásticos, desta vez com o #GayIsOK. Nem sei bem por onde começar. Quando recebi esta embalagem que dizia vir da Lush, já sabia que vinha daí qualquer coisa de bom e, mal abri o saco, percebi que o cheiro já me tinha conquistado: cítrico, fresco e intenso, libertando-se ainda mesmo antes de eu abrir a própria embalagem. E, quando tratei de desembrulhar, lá estava ela: uma barra dourada de sabão onde se lê na perfeição #GAY IS OK. Este é mote da campanha, e não podia não estar embutido no produto que é perfeito para o objectivo de criar awareness. Todo ele é fotogénico e querem-se milhares de selfies em todo o mundo com a presença deste produto, mostrando o nosso apoio a esta causa. Sim, quer-se mesmo lavar a homofobia, a bifobia e a transfobia, libertando a sociedade de preconceitos e espalhando pós dourados para iluminar a mente de quem precisa.

#GayIsOKDepois de, nos últimos dois anos, a Lush ter avançado com a campanha Sign of Love, onde apelou à consciencialização dos direitos globais dos homossexuais, em 2015 optou pela nova campanha #GayIsOK, em conjunto com a All Out pelos direitos da LGBT. Parte dos lucros da venda deste produto reverte a favor dessa organização, que tem vindo a criar sensibilização pelos direitos homossexuais em todo o mundo, com o objectivo de atingir os 350.000€.

#GayIsOKPor isso, de 25 de Junho a 5 de Julho, queremos um movimento nas redes sociais com a mensagem #GayIsOK – com a barra de sabão ou sem barra de sabão, o que interessa é que apoiemos a causa para que os direitos homossexuais sejam finalmente aceites em todo o mundo. Também nas lojas vamos ter todo o staff a desafiar os clientes com a temática “E se o amor fosse ilegal?”, que é precisamente isso que está a ser feito ainda, em pleno século XXI. Precisamos de igualdade e não é justo que a homossexualidade seja crime de 76 países do mundo, podendo custar a vida em 10 país. Mas onde é que o amor é crime? Porque é que amar tem de ser motivo de penalização, de discriminação? Não percebo e não aceito. Recuso-me a aceitar. E, por isso, eu própria serei embaixadora desta causa, como o sou sempre. #GayIsOK !

O Sabonete do Amor está disponível nas lojas LUSH e online por 5,50€ (comprar AQUI).