Power Foods Health Bárbara Bação

Ter começado o ano doente fez-me ter a noção que precisava realmente de cuidar de mim. Era o meu corpo a gritar por socorro. Acredito que também já tenham passado por situações parecidas. Geralmente são pós-férias ou pós-festividades, como é o caso do Natal e do Reveillon, onde passamos quase 15 dias com excesso de fritos, doces, gorduras, álcool e refrigerantes. Tudo isso pesa no nosso corpo.

Pensei logo que precisava de fazer um detox. Não no sentido de emagrecer, embora precise e ambicione perder cerca de 10 quilos. Mas, sim, de forma a limpar os meus órgãos. Para fazer um reset ao organismo. Foi então que cheguei aos planos da Power Foods Health.

10% de desconto em qualquer primeiro plano com o código POWERBACAO

Leram “detox” e já estão a torcer o nariz, não é? Pois, eu fazia o mesmo, até ter experimentado a Power Foods. Investiguei bastante antes de me decidir a fazer um plano de cinco dias mas, decidida a dar ao meu corpo o boost que acho que ele necessita, abracei a experiência e dei-me muito bem. Vou contar-vos tudo, de forma transparente.

O plano que me propuseram foi o Reset 5 Dias Intensivo. Conheço pessoas que o tinham feito e que me recomendaram porque diziam sentir-se saciadas e que gostavam tanto que repetiam algumas vezes durante o ano.

Não vos quero mentir. A ideia de passar cinco dias exclusivamente a líquidos é assustadora para alguém que adora comer. Estava com muitos receios, nomeadamente:

  • Sentir muita fome ao longo do dia;
  • Sentir fraqueza e cansaço, a nível físico e psicológico;
  • Sentir demasiada vontade de trincar;

Tive de me mentalizar que era para levar a coisa a sério. Que não ia vacilar. Por isso, fugi de todos os compromissos sociais de segunda a sexta-feira. Foi a única maneira que tive de controlar os meus impulsos. Resistir quando estou sozinha em casa é uma coisa. Resistir quando estou num local com muita comidinha boa à minha disposição, é outra. Cada um resiste como consegue e esta foi a minha forma. “Longe da vista, longe da barriga”. Aceita-se, certo?

O Reset Intensivo 5 Dias da Power Foods

Power Foods Health Bárbara BaçãoAs calorias

Existem mais programas de Reset da Power Foods, todos estes com menos calorias por dia. Contudo, como estou a começar, nem me atrevi a ir acima deste. Ao todo são 1200 calorias diárias (existem outros planos com 800 e com 900 calorias), o que se encaixa perfeitamente no meu plano nutricional das 1450 calorias por dia e que me dá energia suficiente para treinar e andar de um lado para o outro em reuniões.

A parte nutricional

Todos os planos contêm fontes de hidratos, fibras, gorduras, proteínas, vitaminas e minerais, o que os torna super ricos e completos nutricionalmente. São, ao todo, 70 ingredientes possíveis de fruta e vegetais 100% frescos e de sementes 100% integrais. Portanto, tudo é 100% vegetal, sendo apto para vegan e vegetarianos.

Para além disso, não tem glúten, lactose, farinhas, açúcar, xaropes ou adoçantes. E esse nariz, ainda está torcido ou já vos começa a parecer bem?

A ementa

Dizia-vos eu que são, ao todo, 70 ingredientes que se combinam por semana, sempre entre frutas, vegetais e sementes.

Todos os dias recebemos quatro embalagens, com duas misturas diferentes. A primeira mistura, os smothies, dá para o pequeno-almoço e para o lanche. A segunda mistura, os shakes, é para o almoço e jantar.

Cada mistura tem 10 ingredientes, sendo que todas as receitas usadas são multifuncionais e nutricionalmente completas. Em casos específicos, é possível personalizar a ementa consoante necessidades específicas ou para grupos, por exemplo.

10% de desconto em qualquer primeiro plano com o código POWERBACAO

Power Foods Health Bárbara BaçãoEste é o Menu 1, que foi o que experimentei e sobre o qual posso efectivamente opinar.

Pequeno-almoço / Lanche (Smothie) Almoço / Jantar (Shake) O que achei
Dia 1 Abacaxi, kiwi, aipo, e mais 5 vegetais e frutas numa mistura altamente drenante Linhaça, castanha do Brasil, noz, baunilha e mais 7 sementes e frutas numa mistura protectora, regeneradora e estimulante do sistema nervoso. Ambas as misturas eram super bebíveis, embora o smoothie fosse mais “fresco” e saboroso.
Dia 2 Anona, papaia, cherovia, e mais 4 vegetais e frutas numa mistura protectora das células. Trigo sarraceno, sementes de abóbora, avelã, cacau e mais 7 sementes e fruta numa mistura protectora do sistema cardiovascular. Adorei o smoothie, que sabia a fruta tropical. Já o shake sabia a cacau. Para mim, que não aprecio chocolate, não foi o melhor sabor.
Dia 3 Toranja, cenoura, tomate, e mais 4 vegetais e frutas numa mistura protectora da vista. Abacate, manga, sementes de sésamo e girassol, e mais 5 sementes e frutas numa mistura regeneradora e hidratante da pele e cabelos. Neste dia fiquei tão saciada que acabei por nem beber o último shake. Às 18h00 comi uma pequena salada com rúcula, couve roxa, rabanetes, framboesas e avelãs e fiquei cheíssima.
Dia 4 Morango, pêssego, malagueta, e mais 5 vegetais e frutas numa mistura aceleradora do metabolismo. Aveia sementes de girassol, pistáchio, e mais 8 sementes e fruta numa mistura que promove a força e resistência muscular. Achei o smoothie muito diferente, pelo facto de ter malagueta. Apesar de odiar tudo o que seja picante, bebe-se bastante bem.
Dia 5 Ameixa, couve-roxa, rabanete, e mais 5 vegetais e frutas numa mistura restabelecedora do equilíbrio digestivo. Sementes de chia, morango, caju, morango e mais 6 sementes e frutas numa mistura com propriedades digestivas.  Como sempre, o smoothie é bem mais saboroso. E, como aconteceu antes, não consegui beber o último shake após o treino porque já estava cheia.

Os objectivos de cada dia

DIA 1

Este dia é dedicado à desintoxicação e drenagem linfática. Diz a marca que poderá ser acompanhado de algum desconforto que será tanto maior quanto pior for o estado de intoxicação. Neste dia, como em todos os outros, não senti qualquer desconforto.

DIA 2

Terminada a drenagem linfática, espera-se a perda de cerca de 1 kg. O corpo começa a reagir melhor às misturas e os eventuais efeitos secundários começam a dissipar-se.

DIA 3

Começa a fase da queima de pelo menos 500 g de gordura por dia. Se não tiverem excesso de gordura, a redução de peso será mínima. Terminado este dia, eventuais efeitos secundários deverão ter-se dissipado totalmente.

DIA 4 e 5

Conclusão da desintoxicação e eliminação total dos vícios em alimentos nocivos para a saúde, para que se possa (re)iniciar facilmente um novo estilo de vida.

A minha experiência

Comecei com 68.3 quilos e terminei com 65.8kg. São menos 2,5kg, embora a Power Foods indique que se perde entre 3 a 5kg. Foi o peso mais baixo que registei nos últimos meses (praticamente em um ano, acho!). Vale a pena repetir que o objetivo deste plano não foi perder peso, mas sim fazer uma “limpeza” ao meu corpo. Mas não vos posso mentir – foi fantástico olhar para a balança e ver o peso a descer, sem sentir qualquer fome!

Não há dúvida que, para alguém que, como eu, tem alguns problemas intestinais e faz retenção de líquidos, este plano ajudou. Durante os cinco dias funcionou tudo a 100%, como não costuma funcionar regularmente.

10% de desconto em qualquer primeiro plano com o código POWERBACAO

A nível de pele, também senti melhorias. Como sabem, tenho rosácea, uma condição de pele que a torna super sensível, sobretudo ao frio e a mudanças de temperatura bruscas (como o ar condicionado). Este Inverno, a minha pele tem sofrido um pouco. Andava com algumas borbulhinhas e com a zona do nariz sempre a escamar. No entanto, nos últimos dias, a mudança foi notória. As borbulhas desapareceram e a pele ficou realmente suave e luminosa, sem precisar dos ultra hidratantes que estava a usar como SOS.

Apesar de ter estado todos estes dias sem beber cafeína, mantive-me sempre com muita energia, inclusivamente para os treinos (treinei intensamente quatro dos cinco dias do plano).

O que eu achei

1 – Acordar e já ter as refeições todas feitas para o dia, e saber que não tenho de cozinhar durante uma semana, é, no mínimo, muito prático. Poupei bastante tempo em compras e preparações de refeições, confesso. E, como não exigia talheres, podia comer em qualquer lado.

2 – Os sabores são realmente muito fáceis de agradar, porque não são muito intensos. Especialmente os smoothies, que sabem sempre a fruta.

3 – A possibilidade de poder comer certos alimentos em SOS (caso de fraqueza, antes dos treinos ou quando há cravings de trincar) dá um certo alívio.

4 – Os batidos são, efectivamente, saciantes. Especialmente os shakes, que contêm mais sementes. Não senti fome, pelo menos quando comparado a um dia normal, sem estar a fazer “detox”. Tanto o é que, geralmente, tinha de me obrigar a beber o batido da noite porque não tinha fome nenhuma e não me apetecia comer.

5 – A entrega dos produtos em casa, acabadinhos de fazer, dá uma sensação de tranquilidade e garante frescura. Sabemos sempre que estamos a comer algo fresco e, portanto, com uma maior conserva de nutrientes preciosos para o organismo.

6 – Nenhum dia é igual ao outro. Não há o risco de enjoar porque os sabores são muito diferentes todos os dias.

7 – É preciso ter força de vontade para evitar momentos sociais e, assim, não cair em tentação. Mas não há nada que não se consiga com determinação. E, afinal, estes cinco dias passaram a correr para mim.

8 – Perde-se, efectivamente, peso. Não sei como será a longo prazo, quando começar a introduzir os meus alimentos normais (arroz, carnes, ovos, etc) mas sei que, como em qualquer tipo de alimentação, se abusar em “porcarias”, vou voltar ao mesmo. E esse não é, de todo, o meu objectivo.

9 – Mesmo tendo sido retirada toda a cafeína (embora não beba café, bebo muito chá preto e chá verde), é impressionante que tenha conseguido manter a energia, inclusive para ir treinar.

10 – Fiz contas à vida e, por dia, este plano não chega a 18€. Pensando bem, 18€/ para TODAS as refeições não é muito, considerando que me era comum comer muitas vezes fora e gastar bem mais que isso. A vantagem é que, se for a primeira vez que fazem um plano com a Power Foods, têm 10% de desconto directo com o código POWERBACAO e fica a apenas a 80,10€!

Resumindo…

Power Foods Health Bárbara BaçãoAcima de tudo, sinto-me muito orgulhosa de mim mesma por ter conseguido resistir às tentações. Por ter levado o plano até ao fim, sem me desviar do meu objectivo. Sem dúvida que terminei mais motivada para me manter num registo de alimentação saudável.

Não há dúvida que o conceito da Power Foods é diferenciador em vários aspectos, especialmente pelas receitas bem conseguidas onde se misturam as propriedades de vários alimentos frescos para conseguir batidos bastante saciantes. Gostei tanto da experiência que vou repeti-la após férias e após o Natal / Ano Novo, pelo menos.

Não posso terminar este artigo sem salientar que eu investiguei MUITO antes de fazer isto. Coloquei muitas questões à marca para saber se era compatível com o meu estilo de vida, com os meus objectivos e com eventuais problemas de saúde. Quero com isto dizer: SEJAM CRÍTICOS. Não é porque eu experimentei e que foi bom para mim que vá funcionar de forma igual convosco. Pode funcionar melhor até, ou pior. Informem-se sempre antes de consumir o que quer que seja, mesmo que vos pareça super saudável. Falem com a marca (emails, mensagem nas redes sociais, por telefone) e coloquem todas as vossas dúvidas. Não há nada como terem a certeza daquilo que vão adquirir. Comigo correu super bem a experiência e vou adquiri-la mais vezes ao longo do ano, claro, mas realço que antes de o fazer, tirei todas as minhas dúvidas (como o faço sempre que envolve coisas de saúde). Façam o mesmo!

E, se quiserem experimentar pela primeira vez, usem o código POWERBACAO para terem 10% de desconto em qualquer plano. Este fica a 80€ em vez de 89.90€.