Veet Spawax

Na semana passada recebi o Veet Spawax para experimentar. Confesso que não sou daquelas mulheres que adoram fazer a depilação em casa, porque me chateia o tempo que perco a aquecer a cera e o chavascal que fica a casa a seguir. Para além disso, nunca me decido muito bem sobre qual o método de depilação que devo escolher. No entanto, aceitei o desafio e experimentei este fim-de-semana o novo lançamento da Veet.

Mas qual é a diferença deste aparelho? Antes de mais, é um aparelho que aquece os discos de cera e que os mantém quentes. Por outro lado, promete resultados profissionais até 28 dias e não precisa das tradicionais bandas para remover a cera.

Dentro da embalagem do kit vem, para além do aquecer de cera elétrico, a espátula que precisamos para espalhar o produto e 6 discos de cera que, quando precisarmos de comprar recargas, temos disponíveis em duas fragrâncias: lírio violeta com açúcar de figo e baunilha com orquídea branca.

Veet SpawaxMas como foi, então a minha experiência? Antes de mais, quero começar por dizer que, tal como qualquer produto, tem as suas vantagens e desvantagens. Vou começar pelo que mais gostei.

Vantagens:

Design: Acho que é um aparelho com um design bastante elegante e diferente dos tradicionais aparelhos para depilação. O formato arredondado e a parte de baixo em cor-de-rosa são muito femininos e não destoam na casa de banho.

Veet SpawaxFacilidade: Perceber como funciona é praticamente intuitivo. Basta ligar o aparelho à electricidade, colocar a quantidade de discos de cera equivalentes ao que vamos depilar (existe um guia na caixa que explica quantos discos são necessários para cada zona do corpo) e ir vendo se a cera já derreteu para, de seguida, aplicarmos com a espátula.

Veet SpawaxTemperatura: Ao contrário de outros aparelhos de depilação a cera que já usei, o Veet Spawax mantém a temperatura sempre ideal. Ou seja, não é preciso regular nada porque a cera nunca vai queimar.

Veet SpawaxEficácia: No meu caso, removeu os pêlos com muita eficácia, ficando muito poucos depois de passar cada dose de cera uma vez.

Não me fez alergia: Ao contrário de outras ceras, esta cera da Veet não me fez qualquer reacção alérgica na pele, o que me tranquilizou. Aliás, as minhas pernas nem ficaram vermelhas.

Desvantagens:

Como nem tudo são rosas, deixem-me falar-vos um pouco do que menos gostei nesta experiência, sendo provavelmente devido ao facto de não estar habituada a este método de depilação.

Deixa resíduos na pele – É provavelmente porque não tenho muito jeito, mas fiquei com bastantes restos de cera nas pernas depois da depilação. Tive de esfoliar a seguir para remover esses restos, mas nada que não saísse com facilidade. Mas, sendo 100% sincera, também fico com alguns restos quanto vou à esteticista, por isso considero que até seja normal.

Não saber que quantidade usar – Ou seja… Neste processo de aplicar cera com uma espátula, é suposto deixarmos um bocadinho mais de cera na zona onde vamos puxar. Como não estou habituada a isto, esquecia-me de o fazer e tornava-se mais complicado. Mas com o hábito chegarei lá.

Conclusão:

Tenho de praticar mais e habituar-me a isto porque acaba por ser muito mais barato fazer a depilação a cera em casa do que na esteticista (e, convenhamos, se der para poupar, melhor). Para além disso, posso muito bem estar a ver/ouvir as minhas séries enquanto faço a depilação o que, para mim, é também uma mais valia. Talvez o preço do aparelho, 39,99€ seja um pouco elevado mas é um investimento que depois fica, porque é só preciso comprar as recargas (que custam 9,99€ cada 6 discos).

Resta-me experimentar o roll-on para ver se é mais fácil e prático para mim mas, até lá, vou usando o Veet Spawax em casa. Que método de depilação costumam usar?