Combater o Sedentarismo

Uma das grandes “epidemias” de hoje em dia é o sedentarismo. Se repararmos: comemos, conduzimos, estudamos/trabalhamos e até relaxamos (ver televisão, cinema, ler, jogar) sentados – um comportamento tipicamente sedentário.

Para além da forte correlação entre o sedentarismo e o risco de doenças cardiovasculares, obesidade e diabetes, o problema que vamos focar neste post é o baixo dispêndio energético quando estamos sentados.

Se passarmos 8 horas a dormir e mais 8 horas sentados durante o nosso dia-a-dia, estaremos a passar 2/3 do dia com um dispêndio energético praticamente de repouso. Para quem não pratica atividade física diariamente e segue um estilo de vida de tal forma sedentário, estamos a falar de um dispêndio energético diário que poderá nem chegar a 1300 kcal (menos que um McMenu Big Tasty, por exemplo). Imaginem-se a consumir menos do que 1300kcal diariamente?!

Por comparação, uma hora em pé queima mais cerca de 50 que uma hora sentado. Ao longo de 8 horas, estamos a falar de pelo menos 400 calorias que não estarão a queimar por passarem o dia sentados. Ao fim de 1 mês são cerca de 2kg de gordura que não estão a queimar.

Já identificámos um problema que nos leva ao sedentarismo – estarmos sentados – portanto está na hora de vermos as soluções!

Trabalhar em pé

Optem por substituir a vossa mesa de trabalho (ou estudo) por uma mesa de pé. As Standing Desks são cada vez mais utilizadas, mostrando o quão fácil é habituarmo-nos a estar em pé.

Lembretes/Alarmes

Coloquem alarmes ou lembretes nos vossos telemóveis ou computadores de 15 em 15 minutos, por exemplo, de modo a que se lembrem que está na altura de se levantarem e se mexerem!

Poderão fazer uso disto enquanto estudam ou trabalham, ou mesmo até quando estão no sofá a ver televisão.

É, inclusive, uma boa forma de beber mais água se se encarregarem de beber um gole de água cada vez que se levantam.

Aproveitar as oportunidades para andar

Já vos falei em posts anteriores que a recomendação diária de passos é cerca de 10000 passos. Em termos calóricos equivale a um dispêndio de sensivelmente 3500 calorias semanais, o que equivale a 2kg de gordura por mês.

No entanto, perdemos imensas oportunidades de andar. Ou seja, estamos a perder oportunidades de emagrecer.

Se cada vez que forem para o trabalho estacionarem um quarteirão mais longe, ou saírem uma estação do autocarro antes do usual, já estarão a aumentar o número de passos que dão. Outras estratégias que rapidamente ajudam a acumular passos são:

  • Levar os filhos à escola a pé, sempre que possível;
  • Passear mais frequentemente, ou durante mais tempo, os animais;
  • Aproveitar para passear e “desmoer” a seguir às refeições.
  • Levantar-me e andar durante os intervalos na televisão/cinema;

Escolher as escadas

Subir escadas queima cerca do dobro das calorias que andar à velocidade “normal”.

Portanto, se estamos numa onda de aproveitar todas as oportunidades para emagrecer – vamos evitar os elevadores e subir e descer as escadas da próxima vez que chegarmos a casa ou ao emprego!