Bebidas Light As vantagens e desvantagens

Primeiro surgiram os refrigerantes, que são verdadeiras bombas calóricas mas que se tornam viciantes. E, depois, surgiram as versões light que prometem quase nenhumas calorias. Serão só benefícios? Sim, existem alguns aspectos positivos nas bebidas light, mas também há algumas desvantagens. Ora vejamos quais, nesta nova Healthy Monday.

As “vantagens”:

1 – Supostamente (porque nem sempre acontece), qualquer produto cuja embalagem conte com a palavra “light” terá um valor energético inferior ao produto original da mesma marca. Por isso, seria uma escolha menos má (porque geralmente os produtos que requerem uma versão “light” não são alimentos fáceis de encaixar numa dieta saudável).

2 – Para além disso, estes alimentos tendem a ter uma menor quantidade de açúcar, o que está relacionado com um menor risco de diabetes, etc. Parece-vos bem, não é? Mas há problemas..

Os problemas:

1 – Para atingirem este melhor valor nutricional, removerem a quantidade de açúcar e/ou lípidos, mantendo o sabor do produto original, são adicionados emulsionantes, edulcorantes (adoçantes), etc.

2 – Ora o problema reside exatamente nestes produtos que são adicionados. Até agora, a quantidade de estudos que demonstra uma relação entre o consumo destes compostos e o aumento do risco de doenças como cancro é elevada.

3 – Além disso, muitos destes refrigerantes são gaseificados o que não contribui em nada para aquela região abdominal mais lisa que pretendem.

Alternativas:

1 – A melhor alternativa de todas será sempre a água. Mas para quem quiser variar, podem sempre adicionar uma saqueta de chá para lhe adicionar um outro sabor.

2 – Se mesmo assim quiserem uma opção que conte com calorias extra, optem por sumos saturais. Os antioxidantes e vitaminas presentes são sempre uma boa adição à dieta embora nunca se devam esquecer que ingerirão açúcar com estas bebidas.

Que temas relacionados com emagrecimento, exercício físico ou alimentação gostavam que falasse a seguir? Deixem as vossas sugestões nos comentários abaixo. 

– Francisco Bação

*Disclaimer: Picture from BerryDeck*