Batido verde


Já tinha ouvido falar e lido sobre o tão famoso batido verde mas ainda não me tinha dedicado à pesquisa sobre o mesmo e, mais importante ainda, a experimentar. Até que, na semana passada, provei um sumo de maçã, espinafres e canela e fiquei apaixonada. Não é bem o verdadeiro batido verde, mas foi o empurrão que precisava para me empenhar neste assunto. 

Para que serve? 
Há quem o use para ajudar a emagrecer, há quem o use para ingerir as vitaminas necessárias para um dia cheio de energia e saúde. Qualquer que seja o objectivo da sua toma, o batido verde é visto por quem o toma como indispensável à medida que se vão adaptando. 

Vantagens: 
❤ São personalizáveis: Podemos ajustar os ingredientes consoante o nosso gosto pessoal e objectivos
❤ Ajuda a saciar o apetite: Devido à elevada quantidade de fibra, o organismo fica mais tempo saciado
❤ Ajuda nos intestinos: Também devido ás fibras presentes no batido verde ajuda a regular os intestinos mas, também, a proteger o estômago para quem o tem mais sensível
❤ Torna a pele mais saudável: Estamos a falar de uma boa dose de vitaminas diárias por isso o corpo agradece e a pele também
❤ Antioxidante: Consoante o tipo de ingredientes, o batido verde pode também ter uma função antioxidante e, como tal, ajudar a perder uns quilinhos a mais
❤ Energia: Diz quem toma o batido verde que fica com mais energia ao longo do dia

Receitas:
Pelo que tenho percebido, não há uma receita fixa mas o objectivo é misturar folhas (nunca o talo) de legumes verdes (espinafres, couve, agrião, etc) com fruta (banana para tornar mais espesso e adocicar, morangos, frutos vermelhos, maçã). Depois acrescenta-se e personaliza-se a gosto com outros elementos como sumo de limão, hortelã, e sementes (chia, sésamo, linhaça, etc). 

Ainda não experimentei nenhuma receita em casa, mas partilho convosco assim que fizer o meu primeiro batido verde. 

Já experimentaram? Qual é a vossa receita? 
post signature