A minha lista de presentes de Natal

Este Natal não estou cheia de desejos consumistas por aí além, nem estou com falta de muita coisa. Na minha lista de presentes de Natal deste ano só inclui um produto que, vendo bem, nem necessito e é só por uma questão estética. Os livros podem dizer-se que, embora não sendo uma necessidade, enriquecem a alma e, portanto não os consigo considerar consumistas. Já o resto é a modos que uma necessidade. A boa parte da coisa é que alguns deles já os encomendei e, se tudo correr bem, chegam mesmo antes do Natal.

1 – Saco de rede Re-Sack: Este Natal quero aproveitar para me tornar mais ecológica. Uma das coisas que ando a prometer comprar há muito tempo são os sacos de rede para comprar fruta e legumes. Gostei particularmente dos da Re-Sack, à venda na Pegada Verde. São feitos a partir de algodão orgânico e podem ser colocados no frigorífico.

2 – Steampod da L’Óreal Paris: Apesar de gostar de me ver com o cabelo ondulado, tenho ultimamente alisado mais o cabelo. A minha placa alisadora é muito boa e deixa-me o cabelo solto mas a Steampod tem sido muito bem falada pela combinação de tecnologia de vapor e pró-queratina para ajudar a controlar o movimento do cabelo e deixá-lo sedoso e protegido contra danos causados pelo calor.

3 – Fotoprotector ISDIN Fusion Water 50+:  AMO este produtinho de paixão e uso-o sempre por baixo da maquilhagem para proteger a minha pele do sol sem comprometer a maquilhagem. Infelizmente já está a terminar por isso está na hora de investir num novo.

4 – Colcha de casal em padrão mármore, na C&A:  Quando descobri que a C&A já tinha secção de decoração online e em Portugal, andei logo a ver tudinho. Descobri esta capa de colcha com o padrão de mármore que eu adoro e, por ser tão neutro, ficava mesmo bem no meu quarto.

5 – Saco VejiBag: À semelhança do primeiro saco que vos mostrei, também acho revelante o VejiBag. Diz a Pegada Verde que é uma alternativa ao plástico. para armazenar e conservar legumes no frigorífico, e manter a sua frescura por mais tempo. É reutilizável e respirável e tem a vantagem de poder ser humedecido e colocado no frigorífico, permitindo manter a humidade e frescura dos vegetais até cerca duas semanas. Acho que me vai ser muito útil, especialmente para guardar os coentros, a salsa e a hortelã no frigorífico para que durem mais tempo e, claro, para reduzir o plástico. Este já está despachado porque a minha querida mãezinha aproveitou o resto de uma toalha antiga, feita pela minha avó, e fez-me vários sacos. Um must! 

6 – Vichy Slow Age Coffret Descobri este coffret na Skin.pt mas, entretanto, está esgotado. Trata-se de um pack com 4 cuidados de rosto: Vichy Slow Age Fluido + Vichy Mineral 89 Sérum Booster + Vichy Masque Purifying Clay + Vichy Pureté Thermale Desmaquilhante Integral 3 em 1 . Embora a minha pele tenha rosácea, e use produtos específicos, falaram-me muito bem do Slow Age Fluido e do Mineral 89 Sérum Booster, dizendo que são bons hidratantes e bons cuidados anti-rugas, incluindo para peles com rosácea. Caso volte a estar em stock nos próximos dias, vou encomendá-lo para mim mesma.

7 – Agenda AMBAR: Apesar de usar muito o Google Calendar para sobrepor agendas pessoais, do Blog Coaching e do trabalho, continuo a usar diariamente a minha agenda em papel. Para 2019, já reservei a minha agenda AMBAR que não tarda já cá está em casa.

8 – Livro “Três Coroas Negras”: A Helena Magalhães deixou-me cheia de vontade de ler este livro que conta a história de três irmãs na luta pelo trono. Entretanto já o recebi mas não sei se o vou conseguir manter fechadinho até ao Natal, ou se o começo a ler antes…

9 – Livro “A Menina na Floresta”: Este é outro livro que já está a caminho cá de casa e, para não variar, mais um thriller. Quando Nea, uma menina de quatro anos, desaparece, a comunidade fica em choque. Trinta anos antes, Stella, também de quatro anos, que vivia com os pais na mesma quinta, desaparecera e viria a ser encontrada morta na floresta que rodeia Fjällbacka. Nessa altura a culpa foi atribuída a duas adolescentes, Marie e Helen, hoje mulheres. Poderá ser um acaso o desaparecimento de Nea ter coincidido com o regresso a Fjällbacka de Marie, agora uma famosa atriz de cinema, para interpretar o papel de Ingrid Bergman? Patrik Hedström começa a investigar e, como sempre, conta com a ajuda de Erica, que pretende escrever um livro inspirado na morte da pequena Stella. Mas à medida que vão desfiando os intricados fios da meada, tudo se torna mais confuso. Como se tal não bastasse, têm ainda de lidar com a perturbação que a presença de refugiados sírios causa na pequena comunidade e com as consequências de um fogo posto no centro comunitário que os acolhe.
Uma sucessão de acontecimentos que abala os habitantes da pacata vila, e acabará por levar o nome de Fjällbacka aos quatro cantos do mundo… sem ser pelas melhores razões.

10 – Marmita SmartLunch: Uma das resoluções sérias para os próximos tempos é cozinhar mais, com menos, e levar mais vezes a comida para o escritório agora que tenho uma rotina mais fixa. Sempre namorei estas marmitas da SmartLunch porque são super práticas e, este ano, já tenho uma a caminho para mim.

O que acharam da minha lista de presentes de Natal? Partilhamos de algum desejo?