18 séries para ver na Netflix durante a quarentena

A Netflix é um perigo. Quando começo a ver uma série, uma BOA série, não a largo. E é uma chatice porque é tudo menos produtivo e uma distracção dos meus verdadeiros objectivos e planos de acção. Sabendo que Netflix e televisão, no geral, são a minha maior fonte de procrastinação, também tenho de reconhecer que sabe muito bem abstrair-me do mundo, de chatices e, simplesmente, atirar-me para outras histórias. Durante esse tempo, só existo eu e os personagens.

Bem sei que o período de quarentena está a ser desesperante para muitos de nós, que se vêm confinados a quatro paredes. Para mim não tem sido crítico, porque já gostava muito de estar em casa e tenho tanto para fazer ao computador que não me incomoda particularmente (a não ser as saudades que tenho de poder abraçar os meus pais).

Lamechices à parte, é um facto que a Netflix é uma plataforma salvadora de tédio. Há séries, documentários e filmes de todos os géneros e adequados a todas as idades. Por aqui, já assisti a muita coisa e ainda tenho uma wishlist cheia de conteúdos para assistir.

Mas, enquanto não vou assistindo a nada novo, partilho convosco as últimas 18 séries a que assisti na Netflix, que gostei e que recomendo. PS: Não estão por ordem de preferência.

18 séries para veres na Netflix durante a quarentena

What If

Uma série protagonizada por Renée Zellweger no papel de Anne Montgomery, uma jogadora nata que faz uma proposta irrecusável a um jovem casal com problemas económicos. Estarão eles dispostos a entrar no jogo e arriscar?

YOU

Joe parece um homem normal, mas é tudo menos isso. Um psicopata capaz de tudo pelas mulheres por quem fica obcecado e que vai levar a sua “paixão” a um nível arrepiante. Uma série viciante de duas temporadas (até agora), que vale mesmo a pena ver.

How To Get Away With Murder

Com uma incrível Viola Davis no papel principal, “Como Defender Um Assassino” narra a história de uma advogada de sucesso, dos seus alunos e dos casos que vão defendendo, ao mesmo tempo que eles próprios estão envolvidos numa série de problemas relacionados com mortes e esquemas dos quais terão de se ir livrando. Para quem gosta de séries de advogados, com muito crime à mistura, não há como não gostar desta.

Elite

Três jovens de origem humilde ganham bolsas de estudo para frequentar a escola mais elitista de Espanha, pensando que esta será a oportunidade das suas vidas. Mas quando um dos seus colegas aparece morto, todos estão sob suspeita. Bem-vindo a Las Encinas.

Vis a Vis

“Vis a Vis” é uma espécie de “Orange Is The New Black” mas em espanhol. Macarena foi presa após ter sido enganada pelo homem por quem estava apaixonada. Mal chega à prisão, depois de uma vida de luxos, dá por si numa embrulhada mortal. Criam-se inimigas (e inimigos) mas também surgem laços fortes. Recomendo muito a assistirem às quatro temporadas, vale bem a pena!

13 Reasons Why

“Porque mentiria uma rapariga morta? Baseada nos livros bestseller de Jay Asher, a série original Netflix Por 13 Razões segue Clay Jensen (Dylan Minnette) desde o momento em que este regressa da escola e encontra uma misteriosa caixa como seu nome na porta de sua casa. Dentro da caixa ele descobre um conjunto de cassetes gravadas por Hannah Baker, uma colega por quem se sentia atraído e que tragicamente se suicidou duas semanas antes. Nas cassetes Hannah explica que há treze razões por que decidiu pôr termo à vida. Será Clay uma delas?

Gossip Girl

Este é um guilty pleasure, confesso desde já. Não é uma série brilhante, mas vê-se bem e cumpre o propósito – descontrair. Gossip Girl é uma série baseada nas famosas narrativas de Cecily von Ziegesar, “que conta a vida de um grupo de jovens milionários através dos olhos de uma blogger que sabe tudo o que acontece nas suas vidas, e que é ávida por descobrir e expor qualquer escândalo no seu blog. Desse modo, acabamos por ir sabendo tudo sobre a intensa amizade/rivalidade que há entre Serena e Blair, triângulos amorosos, amigos e inimigos, e tudo o que as mensagens de texto dos telemóvels podem revelar… Tudo isso a partir da volta repentina de Serena a Manhattan, depois de exilar-se, por vontade própria, em um internato”.

Jane the Virgin

Uma série inspirada nas telenovelas mexicanas e que conta a história de Jane Villanueva, uma latina virgem que engravida devido a uma inseminação artificial por engano. A sua vida muda por completo no dia em que descobre que está grávida de Rafael, enquanto está noiva de Michael. Começa não só um triângulo amoroso muito complicado de gerir, como uma série de mistérios e contratempos.

La Casa de Papel

O Professor juntou um conjunto de criminosos e treinou-os durante vários meses de forma a levarem a cabo o maior assalto da história de Espanha. A Casa da Moeda espanhola viu-se perante uma situação nunca antes vista, com um conjunto de assaltantes bem treinados e um Professor do lado de fora a comandar todas as tropas. Quando achamos que foram apanhados, o Professor tem sempre tudo planeado… até que algo falha. São temporadas muito agitadas, com um enredo bem conseguido e actores fantásticos.

Orange Is The New Black

Piper foi condenada a 15 meses de prisão por um crime que cometeu na juventude e é assim enviada para uma prisão de mulheres. Aqui vê-se de tudo. As rivalidades entre os grupos étnicos, as amizades e paixões, os abusos de autoridade, a Humanidade e, por vezes, falta dela. É viciante, tem momentos cómicos mas tem vários momentos pesados, sobretudo relacionados com abusos de autoridade e injustiças perante as prisioneiras.

Atypical

Atypical relata a passagem à idade adulta de Sam (interpretado por Keir Gilchrist), um jovem de 18 anos que sofre de perturbações do espectro autista, acompanhando a sua busca por amor e independência. Enquanto Sam percorre o seu emotivo e engraçado caminho de autoconhecimento, a sua família tem de lidar com as mudanças nas suas próprias vidas.

Riverdale

Tudo começa quando um estudante da cidade pacata Riverdale aparece morto. Desde então, Riverdale nunca mais será a mesma e os seus estudantes vão ver-se envolvidos numa série de mistérios meio macabros que terão de resolver. Entre amores e desamores, e arrufos típicos de adolescentes no secundário, Riverdale não é uma série brilhante, de todo, mas tornou-se um guilty pleasure.

Toy Boy

Misturem o Magic Mike com crime e falado em espanhol. É nisto que consiste a série “Toy Boy”. Hugo, um stripper altamente sexy, foi libertado após sete anos de prisão, por alegadamente ter assassinado o marido da sua amante, uma figura conceituada de Espanha. Acontece que Hugo é inocente e foi incriminado por alguém. Hugo e a sua advogada, que entretanto se apaixonam, não vão parar enquanto não descobrirem o que se passou há sete anos. E, enquanto isso, muito do passado de todas estas figuras se vai desenrolando, revelando segredos que envolvem todos.

Crazy Ex Girlfriend

Outro guilty pleasure, mas extremamente divertido. Rebecca é obcecada por seu ex-namorado, Josh, com quem teve um mini affair quando era ainda uma criança. Para Rebecca, ele é o amor da sua vida e, após tantos anos sem se verem, Rebecca cruza-se com ele e decide mudar toda a sua vida para ir atrás dele e o reconquistar. Estão a imaginar uma ex namorada maluca? A Rebecca é o exemplo perfeito disso, embora sem maldade. Rebecca tem um coração enorme e rapidamente faz amigos na nova cidade. As coisas com o Josh andam para trás e para a frente, entram novos homens em acção e, no meio de tudo isto, apesar de ser tudo muito tonto e exagerado, acabamos por rir um pouco e perceber que, por vezes, até faz bem estarmos sozinhos antes de nos atirarmos para relações atrás de relações.

Teoria do Big Bang

Leonard e Sheldon são capazes de explicar a todo mundo mínimos detalhes sobre física quântica. Entretanto, em situações básicas do quotidiano, são os verdadeiros “tótós”. Quando Penny, a vizinha sexy, se muda para o apartamento do lado, Leonard apaixona-se e, enquanto isso, vemos um conjunto dos típicos “nerds” a lidarem com mulheres, com novos empregos e toda uma interacção social.

Eu Tu Ela

Jack segue os conselhos matrimoniais do seu irmão e contacta Izzy, uma estudante universitária que trabalha como acompanhante. O casamento de Jack leva uma reviravolta e, agora, o relacionamento passa a ser feito a três, com todas as dificuldades e entraves sociais que isso implica.

Sex Education

Otis é um rapaz inseguro e que nunca teve relações. No entanto, é óptimo a dar conselhos sobre sexo e relações graças à sua mãe, que é terapeuta sexual. Uma amiga propõe que abra uma clínica na escola e, desde então, começa a ajudar uma série de adolescentes com as hormonas aos saltos a lidar com o sexo.

Santa Clarita Diet

Joel e Sheila são um casal perfeitamente normal, mas tudo muda quando Sheila se torna imortal. A sua personalidade muda e começa uma dieta pouco ortodoxa. Sheila, Joel, a sua filha e o vizinho do lado vão tentar encontrar respostas para o que aconteceu a Sheila, enquanto tentam controlar os impulsos alimentares.