Street style na Moda Lisboa The Timers

Sempre que um ano se aproxima do fim, damos por nós a fazer uma retrospecção. Tudo o que correu bem, tudo o que correu mal e, acima de tudo, aquilo que queremos no novo ano. Acima de tudo, sinto que a passagem de ano assinala uma espécie de nova viragem na nossa vida. Apesar de todos os dias serem uma oportunidade de começar de novo, esta é uma motivação extra para quem anda, há algum tempo, a adiar a tomada de decisões e o recomeçar.

E eu, todos os anos, escrevo uma lista de resoluções que quero cumprir. Quase sempre acabo por não as cumprir, pelo menos não na totalidade, mas, para não fugir à tradição, cá estou eu a pôr a público os meus desejos. Pode ser que me ajude a empenhar-me mais neles e a mantê-los até ao fim.

Fazer uma tatuagem: Há alguns anos que ando a pensar nisso, e até já sei o que quero fazer (um desenho simples que eu própria fiz, e que tem um significado muito pessoal, relacionado com os meus pais e irmão). Tenciono fazê-la já nos primeiros meses do ano, para estar completamente cicatrizada no Verão e não me dar chatices.

Fazer uma viagem paradisíaca: Esta é outra resolução que ando a fazer desde que comecei a trabalhar, em 2011. Neste momento, existem dois destinos em cima da mesa: México ou Tailândia + Laos + Vietname. Será algo decidido já em Janeiro, porque o pensado seria ir em Março. Dê por onde der, este ano vou passar pelo menos uma semana a um destino paradisíaco, com sol e água quente, com tudo incluído. Eu já mereço…

Conhecer mais cidades europeias: Às vezes, três ou quatro dias são o suficiente para conhecer algumas das capitais europeias. É isso que quero fazer nos fins-de-semana prolongados que vamos ter em 2016, estando em prioridade Roma, Amesterdão e Praga.

Conhecer mais zonas portuguesas: Ir para fora, cá dentro. Adoro viajar mas, para ser bem sincera, sinto que me falta conhecer tanto em Portugal. Temos tantas zonas bonitas para conhecer, e eu quero ir descobrindo-as aos poucos. Por exemplo, Budha Eden e Gerês fazem parte da lista.

Ler pelo menos um livro por mês: Quando começo um bom livro, não descanso enquanto não o acabo. É uma maneira incrível de fugir da rotina, dos problemas e deixar a imaginação fluir por entre mundos e histórias que não são as minhas. Sejam livros de aventura, romance, livros mais técnicos ou de especialidade, comprometo-me a ler pelo menos 1 livro por mês, para manter a minha mente sã e mais culta.

Investir mais na minha formação: Nunca fui pessoa de estar muito tempo sem “estudar”. Gosto de aprender coisas novas e aprofundar os meus conhecimentos em matérias novas ou em áreas que já conheço. Por isso, quero mesmo fazer mais cursos (online ou presenciais) da minha área e relacionados (ex: design, web design, blogging). Tudo o que souberem, partilhem que eu agradeço.

Atingir e manter os 58kg: A minha aventura com a Be-Slim fez-me perder vários dos quilos que queria. Neste momento estou com 60kg e mais umas gramitas mas, nestes primeiros dias do ano, vou atingir esses 58kg (dê lá por onde der) e vou mantê-los ao longo do ano, sabendo que, com o ginásio e o aumento da massa muscular, é até natural que o peso aumente (embora as medidas possam diminuir).

Praticar exercício semanalmente: Um corpo saudável não se faz apenas na cozinha, embora seja lá a prioridade. E eu tenho de reconhecer que, apesar da preguiça me ter vencido 90% das vezes, os 10% que me levavam a ir às aulas no Fitness Hut me faziam sentir muito melhor. Tenho de voltar a ir ao Pump, que se tornou a minha aula preferida.

Manter uma alimentação saudável: Relacionada com o tópico de baixo e com os tópicos acima, para conseguir e manter o corpo que desejo (para me sentir melhor comigo mesma), quero manter uma alimentação mais saudável. Todo o meu organismo agradece quando deixo de lado os fritos, o álcool e os refrigerantes, e como de forma mais saudável, com forte aposta dos legumes e nas saladas.

Desenvolver as minhas competências na cozinha: Com a ajuda de um robot de cozinha, agora não tenho desculpa para não fazer pratos deliciosos – e saudáveis! Tenho todo um livro de receitas e uma internet para explorar, sabendo que o facto de cozinhar mais e melhor me vai ajudar a fazer comida mais saudável – e sujar menos loiça.

Cuidar mais da minha pele: Pode parecer irónico uma blogger dizer que precisa de cuidar mais da pele, mas é verdade. Sou um bocado preguiçosa, especialmente nos cuidados semanais que, tantas vezes, passam a mensais. Estou a falar, então, de esfoliações do rosto e do corpo, rituais de hidratação, depilação a laser, etc. Tenho de fazer um papel bonitinho para pôr na casa de banho para estabelecer que, aos domingo, é o dia da beleza e que tenho de aproveitar para tirar uma hora só para mim. E isso inclui, também, fazer uma máscara mais intensa ao cabelo enquanto faço a esfoliação e a hidratação da pele.

Arranjar-me mais no dia-a-dia: Ao longo dos anos tenho-me vindo a arranjar mais mas, desde pequena, sempre fui maria-rapaz. Sempre de calças e de ténis (mesmo no Verão), foi há coisa de dez anos que comecei a adoptar um lado mais feminino e a aceitar as minhas formas com menos vergonha. Como sou muito prática, e gosto de andar confortável porque ando sempre de transportes públicos e carregada, dou quase sempre a dar prioridade a algo mais descontraído e desleixado, apostando pouco em maquilhagem – o que até me faz sentir mal, considerando a quantidade de produtos que recebo para fazer review e que podia aproveitar mais. Portanto, em 2016 tenho de investir mais atenção em mim mesma, e em pôr-me mais bonita todos os dias. Para mim.

Para além das minhas resoluções – coisas que me comprometo a cumprir, há ainda vários desejos que gostaria que se realizassem, claro. Mas isso já são histórias para outro artigo. Quais são as vossas resoluções para 2016?