Como tudo o que é bom acaba rápido, as minhas pseudo-mini-férias já terminaram. O destino, Vila Nova de Mil Fontes, foi muito bem escolhido porque, por ser época baixa, esteve sempre calminho. E, como o objectivo desta viagem era tão somente descansar e relaxar, serviu na perfeição o propósito.
Mil Fontes é simplesmente adorável e dá para ir para todo o lado a pé. As pessoas são simpáticas, as casas são muito características e os preços não são nada de especial comparando, por exemplo, com o Algarve.
Como estivemos por lá quatro dias, deu para conhecer também Porto Covo, a Ilha do Pessegueiro e dar também um mergulho nas águas quentes de São Torpes a caminho de casa, o que soube que nem ginjas porque a água na Costa Vicentina é fria que dói.
Apanhámos algum vento frio ao início mas nada que não desse para se tolerar bem e encontrámos sempre um cantinho protegido, tanto na praia como na piscina do hotel.
Venho muito satisfeita, ligeiramente mais morena e com vontade de regressar. E agora ficam algumas das fotografias tiradas neste pequeno paraíso…

Vila Nova de Mil Fontes
Ilha do Pessegueiro
Porto Covo
Porto Covo
Vila Nova de Mil Fontes
Vila Nova de Mil Fontes
Vila Nova de Mil Fontes
Vila Nova de Mil Fontes
Vila Nova de Mil Fontes
Vila Nova de Mil Fontes
Vila Nova de Mil Fontes
Ilha do Pessegueiro
Vila Nova de Mil Fontes
Vila Nova de Mil Fontes

post signature
◆ Seguir no Facebook