Moda Lisboa LEGACY

O último dia da Moda Lisboa foi, para mim, o mais aguardado. Dino Alves, Miguel Vieira (Woman) e Nuno Gama são sempre aqueles nomes sonantes no mundo da moda nacional e poder ver as suas novas colecções em primeira mão foi uma experiência incrível. Cada um com o seu conceito, cada um com a sua inspiração.

DINO ALVES

“Lick Me, Eat Me, Taste Me, Kiss Me”. Este foi o lema para a criação de Dino Alves que assentou no pressuposto que algo só se conhece quando nos “lambuzamos”. Tem de haver uma ligação mais próxima, física e experimental para podermos conhecer o sabor de tudo, incluindo nas pessoas. Cada um de nós tem o seu próprio conteúdo, essência, “recheio” e é isso que Dino Alves tenta exteriorizar através da roupa com peças que se soltam pelo desfile, como pétalas. Tons delicados como o bege e salmão, sedas e marrocais, peças que parecem estar a derreter. Uma colecção deliciosa.

Moda Lisboa LEGACY - Dino Alves

Moda Lisboa LEGACY – Dino Alves

Moda Lisboa LEGACY - Dino Alves

Moda Lisboa LEGACY – Dino Alves

PEDRO PEDRO

Aqui não houve brincadeira mas sim muita sobriedade. Numa época de crise, como se vive o glamour? Pedro Pedro jogou com o conceito e criou uma colecção elegante com cores que variam entre o branco e o preto, com forte presença de materiais como a ganga e a seda.

Moda Lisboa LEGACY - Pedro Pedro

Moda Lisboa LEGACY – Pedro Pedro

Moda Lisboa LEGACY - Pedro Pedro

VALENTIM QUARESMA

O estilista Valentim Quaresma criou a sua colecção com base no tema Illusion. Tecidos pretos vestiam os modelos em calças e vestidos mas os olhos prendiam-se nos acessórios. A ilusão estava lá através, precisamente, desses acessórios. Como armaduras, corpetes e colares, a sensação era de estarmos a assistir, em pleno desfile, a uma transmutação da espécie. O cobre e o latão, chamativos, distraem a atenção dos tecidos esvoaçantes pelo brilho prateado e construção elaborada.

Moda Lisboa LEGACY - Valentim Quaresma

Moda Lisboa LEGACY – Valentim Quaresma

Moda Lisboa LEGACY - Valentim Quaresma

Moda Lisboa LEGACY – Valentim Quaresma

Moda Lisboa LEGACY - Valentim Quaresma

Moda Lisboa LEGACY – Valentim Quaresma

MIGUEL VIEIRA

Há sempre peças de sonho em qualquer desfile de Miguel Vieira e este não foi excepção, ou não fosse ele um dos principais nomes da Moda Lisboa. “Uma Nova Essência” foi o ponto de partida desta colecção de Primavera-Verão 2015 que nos transporta para a simplicidade. O sportswear esteve muito presente no desfile, ou não fosse o apogeu da dita simplicidade pelo conforto, incluindo no calçado das modelos, composto por sapatilhas. Um toque de glamour e sofisticação que se descomplicava através do calçado ou de pormenores desportivos.

Moda Lisboa LEGACY - Miguel Vieira (Woman)

Moda Lisboa LEGACY – Miguel Vieira (Woman)

Moda Lisboa LEGACY - Miguel Vieira (Woman)

Moda Lisboa LEGACY – Miguel Vieira (Woman)

Moda Lisboa LEGACY - Miguel Vieira (Woman)

Moda Lisboa LEGACY – Miguel Vieira (Woman)

NUNO GAMA

De todos os desfiles que vi, o de Nuno Gama, que encerrou a 43ª edição da Moda Lisboa foi aquele em que acho que o conceito principal, Legacy (Legado), esteve mais visível. Com cordas de marinheiro a fazer de detalhes em casacos e outras peças, com direito a declamações de poemas de Camões em pleno desfile e, para terminar, a música “Ai que Saudade”, da fadista Ana Moura. Somos um povo saudosista, de fado e de mares e os pequenos detalhes fizeram a diferença e encerraram em grande o desfile. E, depois, os manequins de tronco nu, escolhidos a dedo, fizeram a plateia suspirar.

Moda Lisboa LEGACY - Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY – Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY - Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY – Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY - Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY – Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY - Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY – Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY - Nuno Gama

Moda Lisboa LEGACY – Nuno Gama

Disclaimer: Fotografias por Luís Silveira e Castro e vídeos por mim. Vejam mais vídeos da Moda Lisboa no meu canal de Youtube.