Gabi Fresh | Musing of a curvy lady | Nadia Aboulhosn

Não sou especialista em moda, não tenho qualquer curso relacionado e todos os dias tenho dúvidas sobre o que vestir. Pertenço àquele grupo de mulheres que se sente insegura relativamente ao corpo que tem e acho sempre que tenho peso a mais do que se calhar tenho. E, por isso, gosto de disfarçar as zonas do meu corpo onde acho que sou mais gordinha, e de tentar enaltecer aquelas que mais me favorecem.

Em conversa com uma amiga, chegámos à conclusão que se fala muito pouco de estilo para mulheres com curvas (ou uma maneira simpática de dizer mulheres mais gordinhas ou com excesso de peso). Seja porque não gostam de fazer dieta, seja porque têm um problema de saúde e não conseguem emagrecer ou simplesmente porque são assim e acabou, é muito importante que nos sintamos bem com o corpo que temos e que consigamos sentir-nos bonitas com esse mesmo corpo.

E não existe só roupa para gente magra – embora nós, bloggers, façamos quase a 99% uma selecção de roupas que só assentam realmente bem em mulheres que vestem o S ou o M (tipo entre um 32 e um 38). Por isso mesmo, vou tentar começar a fazer mais posts para mulheres ‘reais’, porque muito poucas de nós somos realmente top models e temos curvas, temos peso a mais mas isso não nos pode impedir de nos vestirmos bem e nos sentirmos bem.

Para começar, queria deixar apenas 5 dicas de moda para mulheres com curvas: as gordinhas, as que têm excesso de peso, as cheiinhas… Porque todas somos lindas à nossa maneira e só temos de saber tirar partido do melhor que temos.

Mangas largas. Quem é gordinha ou tem os braços gordinhos (que é o meu caso), nem sempre se sente bem com os braços à mostra. Eu pelo menos não me sinto bem e ainda pareço mais gorda quando uso alças. Por isso mesmo, opto normalmente por vestidos ou t-shirts com mangas à ¾, ou um pouco acima do cotovelo, mas que não sejam demasiado justas e que me permitam mexer à vontade.

Decotes: Não sou a favor de grandes excessos mas, normalmente, as mulheres com mais peso do que é suposto têm tendência a ter mais peito. Ok, isso é uma coisa boa! Há que tirar partido dessa parte do nosso corpo, de forma equilibrada de modo a não ficar demasiado provocante (pelo menos eu prefiro ver-me com um decote ligeiro mas que consiga já realçar o peito do que um decote até ao umbigo). Um decote em V é uma boa opção porque para além de salientar o peito, ainda dá a sensação de um pescoço mais longo e elegante. Mas procurem sempre soutiãs que vos dêem um bom suporte: alças largas é sempre uma boa opção para quem tem peito grande porque sustentam melhor o peito.

Tecidos leves: Pessoalmente, sou fã de tecidos leves porque tendem a marcar menos o corpo e aquelas gordurinhas que queremos disfarçar. Linho e seda são boas opções. Ficam particularmente bem em camisas ou em túnicas que, sendo mais largas, podem depois ser contrastadas com umas calças mais justas ou até mesmo umas leggins (para o caso das túnicas).

Saltos altos: Como bem sabemos, os saltos altos alongam as pernas e ainda fazem um rabinho mais empinado. Em apenas poucos centímetros de altura, parece que perdemos alguns quilinhos e, por isso, se se sentirem confortáveis com saltos altos, serão sempre bons aliados, para além de darem sempre um toque de sofisticação a qualquer look.

Mas, acima de tudo, sentirem-se confortáveis com o que estão a vestir. Não vale a pena procurarem roupas e estilos com os quais não se sentem bem. Não vale a pena usarem saltos altos se não conseguem andar neles, nem vale a pena usarem decotes se não se sentem confortáveis com o vosso peito. O que é mais atraente numa mulher é a sua confiança, a maneira como entra num espaço e mostra que está bem consigo mesma. Vistam-se de modo a sentirem-se realmente confortáveis, isso fará toda a diferença.

Nota: Tudo o que escrevi são apenas sugestões! Não há nenhum guia absoluto, e ninguém tem de deixar de usar um top ou uns calções só porque é mais gordinha. Cada uma de nós sabe de si e sabe como se sente bem. O que interessa mesmo, no fundo, é que se sintam precisamente bem com vocês mesmas e as roupas são apenas uma maneira de o fazer.

Se gostam e procuram inspiração nesta área, não deixem de visitar os blogs da Gabi FreshMusing of a curvy ladyNadia Aboulhosn.