Occidental Caribe Punta Cana Republica Domincana

Passei os últimos dias em Punta Cana, na República Dominicana. Depois de um ano muito intenso, com pouco ou nenhum descanso, e de grandes emoções, estava na altura de fazer uma pausa em tudo e reabastecer energias para os próximos meses.

Andei durante algumas semanas a decidir o destino e a reunir orçamentos. Não estava fácil encontrar, para esta altura, uma viagem de tudo incluído, num destino paradisíaco, que não fosse um balúrdio. Mas consegui a melhor proposta junto da Best Travel de Picoas, com tudo aquilo que queríamos: menos de 1000€ para uma semana em Punta Cana, num hotel com praia, piscina, tudo incluído e voo directo desde Lisboa. A este valor acrescentámos 30 dólares (ou 30 euros) para entrar e sair do país: 10€ ou USD à entrada e 20€ ou USD à saída.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaPor lá, neste momento, são menos quatro horas e a temperatura média ronda os 27º graus (quer faça chuva ou sol), com uma humidade bem acima dos 50%. Apesar de ter sido atípico para esta altura do ano, apanhámos muito vento, alguma chuva (que caía a pontes durante um minuto e, logo a seguir, parava e voltava o sol) e uma certa ondulação. Ainda assim, as temperaturas e a humidade eram tão altas que nós nem estranhámos porque achámos que seria normal. O vento até ajudou a tolerar melhor o calor porque sempre que o céu estava limpo, era impossível esta fora de água – a pele começava logo a queimar. E, ali, os escaldões são o lema do dia: não havia estrangeiro no hotel que não ostentasse um vermelhão. Entretanto, lá no hotel ficámos com a informação que a melhor altura para visitar o país é entre Novembro e Abril.

Quanto às praias, é tudo aquilo que se vê nos filmes e nas imagens do Google: areia branca, final e limpa e o mar com um verde transparente, água quente e peixes. No entanto, encontrámos algas em certas zonas da praia. Para quem não gosta de algas, basta desviarem-se porque em poucos metros a água volta a ficar limpa.

Apesar de precisarmos efectivamente de descansar, a República Dominicana tem muita coisa para ver e sair do resort é praticamente obrigatório até porque estar somente no resort pode chegar a aborrecer um pouco. Foi por isso que decidimos ir à Ilha Saona com a equipa Capitan Gringo – uma empresa especializada em excursões e muito bem classificada no Trip Advisor.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaQuando fizemos a excursão à ilha Saona, percebemos que a Republica Dominicana está longe de ser o paraíso luxuoso que nós, turistas, assistimos. Lá fora, a realidade é diferente. Ainda assim, as pessoas de lá parecem genuinamente felizes na sua vida e nem nos ligam nenhuma quando passamos.

Vimos de tudo um pouco: 3 pessoas montadas numa mota sem capacete, carrinhas de caixa aberta atulhadas de trabalhadores, ultrapassagens pela direita, vendedores ambulantes a subornar a polícia local… Mas também sentimos ritmo nas pessoas e um sorriso sempre nos lábios, de quem está de bem com a vida.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaSe o Pedro não tivesse ficado doente, provavelmente teríamos arriscado sair mais do hotel e ter ido conhecer outras zonas do país. Os Altos de Chavón, a Ilha Catalina e Los Tres Ojos foram três das atracções que estava mais curiosa para conhecer e não consegui, mas será certamente o que vou fazer numa próxima viagem. Sim, que tenciono regressar, eventualmente quando já for mãe e precisar de ir para um sítio onde os miúdos possam ficar entretidos enquanto eu bebo caipirinhas dentro da piscina como se não houvesse amanhã.

O VOO

Estávamos a postos (e em ânsias) para apanhar o voo das 12h55 desde Lisboa até Punta Cana. Infelizmente, devido a um forte nevão em Madrid, de onde vinha o avião da Orbest, o voo atrasou-se cerca de 2h30. Eram 15h45 quando o avião descolou. Foram 7h30 sem grande turbulência ou chatices. A parte má do voo foi que, ao contrário do que aconteceu na minha viagem para o México, não havia um monitor/tablet por pessoa, o que me permitiria jogar, ver os filmes que eu quisesse quando quisesse e ouvir música. Existiam, isso sim, alguns monitores nos bancos centrais para que, quem quisesse, pudesse acompanhar o filme que estivesse a dar, ligando os seus auriculares ao banco. E as casas de banho, a partir da terceira hora de voo, também deixavam muito a desejar em termos de higiene. O cheiro a urina era péssimo e algumas já nem tinham papel higiénico (e assim permaneceram até ao final da viagem).

No regresso, fizemos o voo de noite, o que fez com que a viagem parecesse mais curta. Acordámos foi muitas vezes com a turbulência mas, felizmente, nada de dramático. Ainda nos ofereceram o jantar (massa gratinada) e o pequeno-almoço a bordo do avião. Fica a sugestão de irem à Primark comprar uma almofada de viagem que custa 6€, enquanto que no aeroporto fica a mais de 20€ exactamente o mesmo modelo – e o descanso é logo outro.

O HOTEL – OCCIDENTAL CARIBE

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaFicámos hospedados no hotel Occidental Caribe, a cerca de 30 quilómetros do aeroporto de Punta Cana. É um hotel de 4 estrelas que preferimos a um de 5 estrelas pela proximidade à praia. O Occidental Caribe é um hotel enorme, com grande oferta de restaurantes, duas piscinas enormes, uma praia mesmo em frente e muita animação de dia e de noite. É um hotel muito versátil, que se adapta tanto a famílias com crianças, a pessoas mais velhas e a grupos de malta nova. Dá para tudo, acreditem.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaNo quarto, que era amplo e tinha uma varanda (infelizmente, com uma vista que não era privilegiada), o que mais gostámos foi da cama e do chuveiro. A cama era enorme – a maior cama onde já dormi. Era super confortável, bem como as quatro almofadas que lá tínhamos, e mal aterrava nela, adormecia logo. O chuveiro tinha um ar meio rústico que, embora estivesse à espera de uma banheira para tomar uns banhos de espuma, me surpreendeu pela positiva e se tornou bastante prático.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaNo que diz respeito à comida, tínhamos acesso a um restaurante buffet para os pequenos-almoços, almoços e jantares. Aí, existia praticamente de tudo – entradas, pratos principais, sobremesas, doces, salgados, fritos, pratos vegetarianos, fruta, sumos naturais… enfim, o difícil mesmo era escolher. E nós, deparando-nos com tanta escolha, enfardámos logo à grande e à portuguesa nas primeiras refeições e ficávamos mal dispostos. Aprendemos a conter o entusiasmo alimentar e a dosear o que comíamos e a coisa passou a ser melhor. Para além de existir muita escolha nos pratos do buffet, ao pequeno almoço era possível mandar fazer uma omolete com os ingredientes a gosto e, ao almoço e ao jantar, podíamos mandar grelhar carne e peixe e fazer a nossa própria massa. Para além deste restaurante, existe um buffet sempre aberto com algumas opções e, perto da piscina, um espaço onde há salsichas, asas de frango, batatas fritas e mais uns petiscos do género.

Mas não só de buffets de faz a comida do Occidental Caribe. Tivemos oportunidade de experimentar outro tipo de culinária nos restaurantes especializados do hotel. Fomos ao italiano, onde comi um linguini de marisco que estava óptimo, ao dominicano onde comi uma especialidade de camarão e ao japonês. A comida não é maravilhosa, nem se come em grande quantidade, mas sempre permite fugir à rotina do buffet.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaIsto tudo já para não falar dos bares, onde há bebidas ilimitadas durante 24 horas. Recomendo vivamente as caipirinhas e os mojitos, especialmente do bar da piscina. Foram as minhas melhores amigas nestes dias de férias.

A PISCINA

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaExistem duas piscinas no hotel: a principal e uma secundária, com acesso a uma espécie de parque aquático infantil. Claramente, a secundária é mais direcionada para as famílias que, da piscina de adultos, conseguem ver os miúdos a brincar nos escorregas. Já a principal é onde existe o bar dentro de água, o buffet e a maior animação. Como consequência, as espreguiçadeiras estão sempre ocupadas. Quer dizer… na verdade, as pessoas acordam cedo de manhã e vão deixar toalhas a reservar as suas espreguiçadeiras. Só horas depois é que, eventualmente, lá aparecem. Mas, até lá, as espreguiçadeiras estão reservadas.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaNa piscina, o hotel colocou também algumas boias gigantes – uma zebra, um unicórnio e um flamingo, que estavam sempre ocupadas. Especialmente pelos grupos de americanos que, sempre os mais bem dispostos e foliões, queriam era brincadeira e montar-se nas boias.

A MELHORAR NO OCCIDENTAL CARIBE

Sugerimos algumas mudanças ao hotel, nomeadamente na formação do staff. Ora nos deparávamos com alguns membros realmente simpáticos ou prestáveis, ou éramos confrontados com um staff não só antipático como pouco desenrascado e nada prestáveis. Chegavam a roçar a má educação, não se contendo em mostrar que estavam a fazer um frete. A menos que fossem americanos e levantassem uma nota de um dólar – aí sim, tornavam-se altamente simpáticos. Espertos, estes dominicanos….

Depois, há sempre aqueles “comerciais”, que tentam impingir todos os serviços pagos e mais alguns. Sejam eles jantar à luz das velas na praia, excursões e sabe lá mais Deus o quê. Mas lá sabiam ouvir um “não” sem insistir muito e sem se tornarem demasiado chatos.

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaO wi-fi não está disponível em nenhum local do hotel de forma gratuita – sim, nem no lobby de entrada. Para poderem ter internet, paga-se um balúrdio. Foram cerca de 50 dólares para uma semana de internet wireless e só podia ter um equipamento ligado ao mesmo tempo. E nem sempre a internet funcionava, pelo menos de forma rápida, tornando quase impossível fazer chamadas por whatsapp. Ainda assim, os 50 dólares que pagámos pela internet acabou por compensar porque o valor das chamadas e sms (recebidas e efectuadas) neste serviço de roaming é um valor absurdo.

Concluindo…

Occidental Caribe Punta Cana Republica DomincanaSe gostei da República Dominicana? Adorei! Era tudo aquilo que estava a precisar e ainda superou as minhas expectativas. Conheci portugueses fantásticos, vivi experiências maravilhosas e descansei, como tanto estava a precisar. O resto hei de ver na próxima vez, fica prometido!

Vê o vídeo com o resumo da viagem e diz-me o que achaste:

Punta Cana Pinterest