À medida que o Inverno se aproxima, os dias vão ficando mais curtos e as condições climatéricas não são nada motivantes à prática de atividade física. É muito mais fácil ficar no sofá, quentinho, a ver televisão do que sair de casa à noite, com frio e/ou chuva.

Ao mesmo tempo, entramos num período de festa, onde tendemos a comer em excesso e recorremos, várias vezes, a alimentos demasiado calóricos.

Se juntarmos esta alimentação “menos regrada” ao estilo de vida mais sedentário, estamos a criar condições adversas aos nossos objetivos. Assim, hoje deixo-vos algumas sugestões de como continuar a ter um estilo de vida saudável mesmo durante o Inverno.

1 – Treinar em casa

É verdade que sair de casa para treinar, num final de tarde escuro, frio e chuvoso, não é propriamente aliciante. No entanto, as condições climatéricas não podem ser um factor impeditivo para atingirmos os nossos objectivos.

Treinar sem termos de abandonar o nosso conforto e perder tempo em deslocações à chuva é perfeitamente possível. Mesmo sem equipamento específico, conseguem-se criar boas condições para sessões de treino “caseiras”. Para isto, podemos recorrer a exercícios apenas utilizando o nosso corpo e mesmo até aproveitar algumas mobílias e objectos que certamente encontrarão em casa.

Para o treino de força não é complicado encontrar exercícios “caseiros” para cada grande grupo muscular. A maioria dos exercícios a realizar neste âmbito baseiam-se na utilização do peso corporal. Alguns exemplos destes exercícios são:

  • Burpees
  • Agachamentos
  • Lunges
  • Push-Ups ou “Flexões de Braços”
  • Crunches
  • Remadas – Puxando objetos para mim (ex: Garrafões de água) ou Puxando-me para uma cabo/vassoura apoiado em 2 cadeiras.
  • Fundos / Dips – Apoiando as mãos num banco/cadeira/borda da banheira
  • Flexão do Cotovelo ou “Roscas” (Bicípites) – Utilizando garrafões ou mochilas com objetos pesados.

1.2 – “Aulas” em Casa

Para quem gosta de fazer as aulas de grupo nos ginásios ou Health Clubs, é fácil encontrar versões destas on-line. Assim, não terão de deixar de fazer as aulas que mais gostam só pela falta de um instrutor ou de um protocolo.

Pessoalmente, não são a minha opção preferida de treino em casa. No entanto, constituem uma excelente actividade para se fazer em família, pelo que todos poderão participar, desde os mais velhos aos mais novos. Além disso, há uma elevada diversidade de aulas/treinos, com diferentes níveis de dificuldade e duração, para os quais não é necessário possuir qualquer tipo de equipamento.

2 – Desportos Indoor

Mesmo as modalidades ao ar livre (ex: futebol), hoje em dia, têm espaços cobertos onde podem ser praticadas. Assim, podem facilmente dar continuidade à prática que escolheram, ou mesmo até experimentar modalidades novas.

Sendo dos desportos de combate, recomendo-vos que experimentem este tipo de modalidades. Para além de poderem treinar abrigados da chuva e do vento, são excelentes tanto para emagrecer, como para ganhar massa muscular. E para quem não pratica estas modalidades numa vertente competitiva não terão que ter uma preocupação com lesões comparativamente à prática de um desporto colectivo, por exemplo.

3 – Cuidados Alimentares

Juntando a todos os outros aspectos que já vimos quanto à nutrição, é muito usual realizarmos “deslizes” no Inverno. Quer seja porque estamos mais expostos aos doces, ou porque as bebidas quentes são extremamente apetecíveis.

Quanto aos doces, já sabemos que os devemos sempre evitar uma vez que pouco ou nenhum benefício trazem à nossa saúde.

Quanto às bebidas quentes, optem sempre pelas bebidas não açucaradas (ex: chá) porque rapidamente acumularão calorias indesejadas.