Este tempo não tem dado tréguas. Entre frio, chuva e muito vento, o que me tem safado tem sido as roupinhas quentes. As malhas são as minhas preferidas, porque combinam bem com quase tudo. Para além disso, o conforto e a sensação de calor estão sempre garantidas.

A última encomenda que fiz na Romwe foi, precisamente, uma camisola de malha por cerca de 25€. Como sou muito friorenta (quem é como eu, ponha o dedo no ar), uso e abuso das camisolas de malha, até mesmo só para ficar em casa. E se, há uns anos, apenas comprava este tipo de peças se fossem muito básicas (apenas com uma cor neutra), hoje em dia já comecei a arrojar mais. Foi o que fiz com esta camisola.

Largueirona, com linha preta a simular que tinha sido cozida/remendada, é extremamente confortável e quentinha. Claro que não a uso sozinha e opto sempre por usar algo de algodão por baixo até porque, como é meio esburacada, pode deixar passar frio ou ver-se demasiada pele.

E como é que a combino? Com skinny jeans. Deixo a parte de cima do corpo largueirona para contrastar com a parte de baixo mais justa. Quanto ao calçado, é à escolha do freguês. Uns ténis para algo mais descontraído ou uns saltos para um momento com mais glamour. Ora vejam…