Esperem. Como assim? O ano já vai a meio? OH MY GOD! É só a mim que dá a sensação de ter passado a uma velocidade estonteante? Se forem como eu, provavelmente sentaram-se e perceberam que seis meses passaram e que aquelas resoluções de ano novo estão longe de estar cumpridas. Pelo menos a grande maioria. Mas calma… Em vez de baixarmos os braços e pensarmos que está tudo perdido, vamos ver o copo “meio cheio” e perceber que ainda temos 6 meses para cumprir aquilo a que nos propusemos. Ainda falta muito tempo para acabar 2018 e tudo ainda está em aberto.

Mas como é preciso muito mais do que palavras soltas para fazer as coisas acontecer, vamos antes pensar estrategicamente. Cumpre as resoluções de ano novo nos próximos seis meses de forma eficaz:

Cumpre as resoluções de ano novo nos próximos seis mesesAcima de tudo, é preciso perceber o que é que ainda vamos a tempo de cumprir. São nessas resoluções que temos de nos focar. Mas, para cada uma dessas resoluções, temos de estabelecer acções. Por exemplo, se definiste que ias perder 5 quilos, tens de definir acções como:

  • Reduzir a ingestão calórica diária para 1400 calorias
  • Inscrever-me no ginásio
  • Frequentar 4 aulas de ginásio por semana
  • Ingerir 1,5 litros de água por dia
  • Etc

Quando defines acções concretas, é mais provável que atinjas os teus objectivos porque sabes exactamente o que tens de fazer. Podes até criar uma folha para imprimir e andar sempre consigo, onde vais assinalando, por exemplo, quais as acções que já fizeste rumo à concretização do teu objectivo. E é importante ires monitorizando também o teu sucesso. A mim ajuda-me ter tudo em papel. É mais fácil quando posso ir acompanhando o progresso e, de certa forma, torna-se um lembrete constante, especialmente quando me sinto mais desmotivada.

E tu, já cumpriste todas as tuas resoluções de ano novo? Ou, tal como eu, ainda tens muitas para cumprir?