Coisas estranhas que vi no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é uma cidade lindíssima, com muito para ver e conhecer. Passei dias incríveis na “cidade maravilhosa” mas acabei por perceber, também, muitas diferenças quando comparando com Portugal. Aqui ficam algumas coisas estranhas que vi no Rio de Janeiro.

Coisas estranhas que vi no Rio de Janeiro

Os vendedores na praia têm multibanco

Vendedor de biquínis na praia no Rio de JaneiroCom os constantes assaltos e arrastões, os vendedores de praia passaram a ter disponível também o serviço de pagamento com cartão. E eu, que ia para a praia com apenas uns 10 reais, consegui comprar sempre comida, bebida e biquínis com o meu cartão português.

As passadeiras só servem para enfeitar

A menos que estejam junto a um semáforo para peões, tenham muito cuidado porque os carros realmente não param nas passadeiras. E ninguém refila nem olha de lado (só mesmo eu).

Toda a gente pratica desporto

Foi surpreendente a quantidade de pessoas que vi a praticar desporto na praia e no calçadão. Há uma ciclovia fantástica, para quem tem ou aluga bicicleta, mas na própria praia há pessoas de todas as idades a caminhar, correr, jogar volley, fazer treinos de boxe… Quase que me senti mal por não fazer nada mas, depois, virei-me para o outro lado da toalha e esqueci o assunto.

Metade dos carros tem os vidros fumados

De forma a protegerem a sua identidade e a dos passageiros que carregam, a grande maioria dos carros no Rio de Janeiro tem os vidros fumados.

Há cerca de 700 favelas no Rio de Janeiro

Rocinha FavelaFiquei absolutamente assoberbada com o número de favelas que existem no Rio de Janeiro. Não entrei dentro de nenhuma mas passei por fora de várias como a Rocinha, Vidigal e Caju.

Ninguém pára no vermelho dos semáforos à noite

Qual não foi a minha surpresa quando os nossos Uber’s não paravam nos semáforos à noite a menos que fosse um cruzamento. Explicaram-nos que, por causa dos assaltos, parar num semáforo é bastante perigoso.

Só o Rio de Janeiro tem a mesma população que Portugal

O Rio de Janeiro é gigante. Nunca imaginei que fosse tão grande mas a verdade é que o Rio tem cerca do mesmo número de habitantes que Portugal inteiro. É assustador mas, quando vemos o tamanho das favelas e o tempo que se demora a ir de carro a qualquer lado, percebemos.

Não vi animais abandonados

Enquanto que, em Portugal, há cães e gatos abandonados em cada esquina, no Rio de Janeiro não vi um único animal abandonado.

Já estiveram no Rio de Janeiro? Que coisas estranhas acrescentariam à lista?