Barbara Bacao BsRoadToFitEste mês o peso não baixou muito, mas o volume reduziu. Consegui focar-me, cerca de metade do tempo, nas calorias (1300 por dia) e ir treinar Muay Thai 2 vezes por semana.

Exercício Físico

Provavelmente estão a pensar “Então e o Vivafit?”. Infelizmente, quando aceitei um novo desafio profissional, desloquei-me para uma zona longe de tudo e que me incapacitou de continuar a frequentar regularmente as aulas do Vivafit de que tanto gostava. Durante uns meses tentei encontrar alternativa mas só consigo ir muito esporadicamente quando, por acaso, posso trabalhar a partir de Lisboa.

Por isso, decidi experimentar o Muay Thai num ginásio “de bairro” mesmo ao lado de minha casa, que tem aulas a partir das 20h30. O meu irmão é judoca e há anos que me tenta passar a mensagem de que as artes marciais são atividades desportivas muito exigentes mas, especialmente sendo mulher, podem ser bastante úteis para nos sentirmos mais seguras sabendo que nos conseguimos defender em caso de perigo físico. É isso que procuro no Muay Thai – uma forma de aprender a defender-me, de libertar o stress ao final do dia e de, ao mesmo tempo, tornar-me mais forte e perder peso.

Ainda assim, quando surge a oportunidade, lá volto eu ao “meu” Vivafit. No mês passado experimentei a aula de SBarre — Shape it, uma modalidade que combina o Ballet e o Fitness e que me fez recordar os anos da minha infância em que fiz Ballet. A diferença, contudo, é que tinha muito mais resistência e flexibilidade do que tenho agora. Por isso, minhas meninas, se pensam que o Ballet é uma aula fácil, não podiam estar mais enganadas. A aula SBarre — Shape it pode durar 30m ou 45m e queima uma média de 240 calorias por aula. Posso dizer-vos que fiquei “toda partida” depois da aula e que me surpreendeu bastante pela positiva.

Continuo a pesar-me todos os dias na balança BodyMaster da Rowenta e a apontar o peso diariamente. É notória a oscilação de peso a cada dia. Basta estar menstruada, ou ter comido algo com mais sal na noite anterior, para o peso aumentar umas gramas. Mas, no final da semana, o que me importa é fazer a média. Apesar de não ter descido muito, já consegui passar para os 67’s, o que é bom. Isso enquanto que o volume vai reduzindo. Já o noto na zona abdominal e os meus pais já reparam quando me vêm ao fim-de-semana. Yey!

Alimentação

Em relação à alimentação, especialmente desde que comecei o Muay Thai, tenho feito um esforço para comer melhor… e em casa. Tenho evitado ir comer tantas vezes fora, onde acabo sempre por escolher algo menos saudável como fritos ou pizzas. Mas, ainda assim, vacilei várias vezes por semana. Não obstante, tentei sempre ir compensando e os resultados vão aparecendo.

Estética 

Comecei esta semana a experimentar também o Patch Tratamento adelgaçante e refirmante de choque – Áreas Críticas da Collistar. Esta marca é bastante conceituada no que diz respeito a cuidados estéticos para o corpo e, quando partilhei nas Stories do Instagram que tinha recebido para experimentar, recebi várias mensagens positivas sobre a marca. Confesso que nunca usei nenhum produto da marca mas, depois de ter aproveitado para pesquisar mais no site BeautyFormula.pt, percebi que têm muitos produtos para volume, celulite, estrias, etc. Este pack consiste em “bandas” que se colocam duas vezes por semana nas zonas críticas do corpo (braços, ancas, coxas) e que, durante 8 horas, libertam a sua fórmula concebida especialmente para “adelgaçar e dar firmeza às áreas do corpo com mais tendência à flacidez”. Tornei-me um pouco céptica em relação a este tipo de produtos após ter experimentado alguns que foram verdadeiros flops, mas decidi dar uma oportunidade à coisa. Falamos no próximo #BsRoadToFit para saber como correu a experiência mas acredito que, em conjunto com a prática regular de exercício físico e com uma melhor alimentação, possa ajudar. Mais que não seja como elemento placebo. Cá estaremos para ver.

Peso: