SUMOL SUMMER FEST

Este fim-de-semana viveu-se, na Ericeira, mais uma edição do Sumol Summer Fest. Foi o segundo ano consecutivo que estive presente e, mais uma vez, senti-me em casa.

O Sumol Summer Fest não é um festival para quem goste de grandes multidões. Bem pelo contrário, é perfeito para pessoal mais novo e até mesmo para famílias. Por estar localizado mesmo ao lado do parque de campismo da Ericeira, acolhe inclusive muitos estrangeiros que, entre a praia e o surf, dão lá um pulinho para ouvir alguns dos artistas nacionais e internacionais que por lá passam.

Não consegui ouvir todos os artistas porque o festival começa cedo e eu, entre vir do trabalho, praia e sunsets, só conseguia chegar perto das 21h00. Mas ainda consegui ouvir Azealia Banks (que power!), Nelson Freitas com Richie Campbell, Jimmy P, Madcon e muitos mais que, mesmo não estando perante um público muito vasto, conseguiram pôr toda a gente a cantar e a pular.

É isto que gosto no Sumol Summer Fest: há espaço para toda a gente, não há demasiadas pessoas (o que me faz sentir sufocada) e dá para ir e vir da vila a pé. Para além disso, acordar na Ericeira tem logo outro encanto.

Para o ano há mais! Obrigada Sumol.

SUMOL SUMMER FEST SUMOL SUMMER FEST SUMOL SUMMER FEST SUMOL SUMMER FEST SUMOL SUMMER FEST SUMOL SUMMER FEST SUMOL SUMMER FEST SUMOL SUMMER FEST