Huawei P8 Intro

Há umas semanas recebi, por parte da Huawei Portugal, o novíssimo modelo P8 para experimentar e dar a minha opinião. Como vocês sabem, este não é um espaço dedicado exclusivamente à tecnologia mas eu sou, indiscutivelmente, um pouco “nerd” e adoro tudo o que sejam gadgets e novidades tecnológicas. E foi precisamente por isso que quis, também, experimentar o P8.

E porquê? Primeiro, porque o meu telefone está às portas da morte (ecrã da frente partido, mega lento, câmara frontal desfocada devido à quebra no ecrã, aplicações que crasham a toda a hora). Segundo, porque nunca tinha usado nenhum telemóvel Huawei. Terceiro, porque tudo o que tinha lido sobre o P8 me indicava que uma nova “bomba” vinha a caminho.

Huawei P8E, portanto, cá andei eu nos últimos dias a usar este telemóvel como se fosse meu. Enchi-o de aplicações (Facebook, Instagram, Snapchat, Watssap, Gestor de Finanças, My Vodafone, Make Up Genius, Zomato, PhotoGrid, Meo Drive, No Crop, Pinterest, WordPress, Outlook e outras que tais), tirei milhares de fotografias, fiz dezenas de vídeos e coloquei umas 30 músicas. E querem saber quais foram os aspectos que mais gostei no Huawei P8 – para além do momento inicial em que o retiramos da embalagem e que parece que estamos a tirar um livro da prateleira (how cool is that?!) ? Então continuem a ler que eu explico-vos tudinho! 

Rapidez e fluidez

Huawei-P8 - Fluidez-e-RapidezPois é, meus caros… Para mim, este é um aspecto fundamental do P8 pois tudo flui com muita rapidez, e achei que era a forma ideal para iniciar esta lista de tópicos. Já não estava habituada, pelo facto do meu telemóvel ser mais lento que uma lesma e, portanto, fiquei rendida. Ainda pensei que pudesse ser só pelo facto de ser a primeira utilização mas que, quando pusesse aplicações e fotografias que a coisa piorasse, mas não. Nem com meio giga de música e com carradas de aplicações o P8, em algum momento, ficou lento ou crashou. Nada, rien, nickles. Tudo flui com graciosidade, sem bloquear quando mais preciso. É certo que o usei durante menos de um mês, mas já deu para perceber que este menino não se assusta com pouco e aguenta um grande número de aplicações abertas. Só não testei jogos porque, honestamente, não tenho tido muito tempo (nem paciência) para jogos.

Múltiplos disparadores da câmara fotográfica

Huawei P8 - Disparadores da câmaraVamos entrar, então no mundo da câmara fotográfica do Huawei P8. Pode parecer muito parvo, mas uma coisa que me irritava profundamente no meu telemóvel é o facto de só conseguir tirar fotografias clicando no botão de disparo. Não há botões de disparo alternativos! Felizmente, no P8 posso escolher que a fotografia seja tirada automaticamente quando clico no ecrã para focar, ou nos botões de volume (que podemos definir se queremos que sejam usados para zoom ou para obturador). É particularmente útil quando estou a tirar selfies com o grupo de amigos e basta que a pessoa que está a segurar no telemóvel carregue no botão, precisando apenas de uma mão para o fazer em vez (em vez das duas – uma para segurar no telemóvel, e outra para carregar no disparador). E outra! Ao carregarmos duas vezes no botão de diminuir o volume quando o telemóvel está bloqueado, ele vai automaticamente para a câmara e tira foto. Perfeito para quando vemos algo a acontecer rapidamente e não queremos perder tempo a desbloquear o telemóvel.

Modo Beleza

Huawei P8 - Modo de BelezaOlá selfies perfeitas! Este modo de beleza, disponível também na câmara frontal, permite quase que aplicar uma camada de Photoshop nos rostos dos figurantes. Ou seja – com uma escala de 0 a 10, que está por pré-definição no número 5, podemos escolher qual o grau de “beleza” que queremos que este modo de fotografia aplique nos nossos rostos. Elimina as imperfeições todas, como se tivéssemos passado a imagem por Photoshop. Fica só a sugestão para não abusarem, como fiz algumas vezes, porque senão parecem mesmo bonequinhos (bem, fica ao gosto de cada um). Podem ver neste exemplo acima, como a minha cara fica ao natural no nível 0 (OMG que estou cheia de borbulhas), como melhora  no nível 5 e como todas as imperfeições desaparecem no nível 10. A camada de “blurr” alisa a pele e tira tudinho. Acabaram-se as borbulhas e os sinais.

Light Painting

Light Painting Huawei P8Oh, se eu adorei esta opção. A pintura com luzes é uma ferramenta fantástica da câmara do P8 que permite mesmo darmos asas à nossa criatividade. Este é o lema do telemóvel e, para mim, esta opção é a prova viva disso mesmo. De forma muito fácil e intuitiva, conseguimos tirar fotografias muito giras com os efeitos das luzes (uma lanterna, um isqueiro, uma vela, um stick luminoso, e por aí fora). O que precisam é de ter o telemóvel estabilizado (um tripé é a melhor forma de o conseguirem) e, depois, puxar pela imaginação. Fiz algumas brincadeiras com o telemóvel em casa, mas agora nas noites de Verão ia dar para fazer efeitos muito giros nas festas da praia à noite.

Múltiplos filtros nas imagens

Huawei P8 - Filtros nas fotosUma das características giras da câmara, já que estamos a falar sobre isso, são os múltiplos filtros disponíveis. Ou seja, podemos tirar uma fotografia logo em sépia ou a preto e branco, dispensando ter de passar, a seguir, por um programa de edição de imagens para colocar filtros. São, ao todo, 9 efeitos que podemos escolher e que poupam algum tempo a seguir porque nos permite ver, em tempo real, como ficaria a fotografia com aquele filtro.

Bateria mais duradoura

Huawei P8 - Bateria mais duradouraEste é o primeiro de três tópicos de bateria porque, para mim, um bom telemóvel tem de ter uma boa autonomia. Longe vai o tempo dos Nokia 3310, aqueles clássicos que toda a gente tinha e que duravam quase uma semana – e dos quais todos sentimos a falta agora. Como devem estar a perceber, eu uso BASTANTE o telemóvel no meu dia-a-dia (uma das características de ter um blog e gostar de estar actualizada). Por isso, a bateria é fundamental para mim. Ao contrário do meu telemóvel que apenas tinha bateria durante umas 10 horas e depois tinha de o carregar novamente (coitado, tenho falado tanto mal dele e agora vou ter de o voltar a usar novamente), o P8 tem um tempo de vida muito superior. Quando estou mais calma, consigo estar 48 horas sem o carregar (mesmo indo à net e tirando fotografias de vez em quando). Claro que, quando estou a abusar dele à grande, como foi o caso das mini-férias na Ericeira onde o usava como pc e máquina fotográfica e de filmar, tinha de o carregar todas as noites. Ainda assim, ponto muito positivo para a durabilidade da bateria do P8.

Modos de poupança de bateria

Huawei P8 - Poupança de BateriaPara a minha utilização, um telemóvel tem de ter opções de poupança de bateria porque dou muito uso aos telemóveis durante o dia (para tirar fotografias, partilhar nas redes sociais, ver os feeds, etc etc) e às vezes preciso, no final do dia, de ainda ter bateria para qualquer evento. E é aí que o modo de poupança de bateria ultra entra em acção, permitindo apenas chamadas e sms e bloqueando tudo o resto que gaste demasiada bateria. Um verdadeiro life saver.

Notificação do consumo de bateria

Notificação do consumo de bateriaPara quem, como eu, abre milhares de aplicações ao mesmo tempo, a bateria gasta-se mais rapidamente, certo? Pois que o P8 tem uma notificação de consumo de bateria, que avisa quando uma ou mais aplicações abertas estão a consumir demasiada bateria. Assim, podem decidir manter aberta ou fechar a aplicação (e mesmo quando acham que fecharam a aplicação, ela pode estar a correr no fundo sem darem conta).

Reduzir o barulho do vento nas chamadas

Huawei P8 - Redução do ventoQuantos de vocês já tiveram de desligar chamadas (algumas até importantes) devido ao vento que se fazia sentir na rua e que fazia com que a) não conseguissem perceber nada do que o outro dizia ou b) o outro lado não conseguia ouvir nada do que vocês diziam? O P8 tem uma opção de redução do vento que se encontra quando ligamos os auriculares, não estando disponível para quando atendemos o telemóvel normalmente. Dá um jeitaço enorme porque passo muitas vezes por zonas com grandes ventanias e uso sempre os auriculares quando ando na rua.

Aceder a menus sem desbloquear o telemóvel

Huawei P8 - Aceder a menus sem desbloquear o telemóvelUma das muitas chatices que tenho no meu telemóvel é a necessidade de, por vezes, aceder a ferramentas importantes de forma rápida só que, no meu caso, tornava-se uma eternidade. Acontece que, mesmo sem desbloquear o telemóvel, no P8 é possível acedermos a quatro menus muito úteis: o gravador de voz, a calculadora, a lanterna e a câmara fotográfica. E esta opção já me permitiu, em diversas ocasiões, safar-me rapidamente (por exemplo, quando o quadro da luz vai abaixo aqui em casa).

Captura de ecrã

Huawei P8 - Capturar EcrãIsto é algo que faço diariamente e que, por isso, dou muito valor. Só que o P8 torna as coisas ainda mais fáceis para mim quando quero capturar um ecrã com duas opções extremamente úteis onde usamos o nó dos dedos. Confusos? Eu explico: Com o nó dos dedos, basta darem dois toques (leves, fachavor!) no ecrã para capturarem o ecrã na sua totalidade. Se, por outro lado, apenas quiserem capturar uma parte do ecrã (eu faço muito isso quando quero guardar uma fotografia que vi no Instagram), desenham um círculo com o nó do dedo (como na imagem de cima) em torno daquilo que querem. De seguida, aparece-vos uma janela de recorte onde só têm de seleccionar aquilo que querem recortar, podendo fazer uma partilha imediata pelas várias redes sociais ou email. Simple, right?

Teclado Swype incorporado

Huawei P8 - Teclado Swype incorporadoJá tinha visto uma amiga com uma aplicação do teclado Swype no telemóvel, e tinha achado fantástico. Mas nunca me dei ao trabalho de instalar essa app, e acabei por me esquecer que isso existia. Para mim, desde que acabaram os teclados antigos numérico e passaram a existir apenas os qwerty, passou a ser um atrofio porque as teclas são minúsculas. Uma coisa é no computador, outra coisa é num aparelho minúsculo. Por isso, quando me apercebi que o P8 vinha com o teclado Swype, usei e abusei dele. Aliás, acho que praticamente só o usei a ele. Adoro o facto de não ser preciso ir até às definições do telefone ou dos teclados e ter de optar entre um e outro. É que a Huawei arranjou a coisa de tal maneira que, se quisermos usar o teclado qwerty normalmente, tudo bem. Mas se arrastarmos o dedo pelo teclado, ele assume que estamos a usar o Swype e gera as palavras assim. Adoro o Swype, e adoro esta função de teclados.

Total utilização do telemóvel durante as chamadas

Total utilização do telemóvel durante as chamadasFalo muito ao telefone, é um facto. Como ando, diariamente, 40 minutos para o trabalho e outros 40 para casa, normalmente durante esse tempo ligo para amigos para pôr a conversa em dia. O problema é que, por vezes, as chamadas duram quase uma hora e, no meu telemóvel não conseguia fazer nada durante uma chamada. Se recebesse uma mensagem, não a conseguia ler nem responder. Mas, com o P8, consigo fazer o que quiser durante a chamada, desde que esteja com os auriculares. Desde tirar fotografias, enviar mensagens e ir às redes sociais, consigo utilizar o telemóvel normalmente mesmo durante uma chamada. Não sei quando a vocês, mas para mim é muito útil e, diria até, indispensável.

Conclusão

Huawei P8Não sei se foi pelo facto do meu telemóvel ser, já, um bajolo com dois anos de vida e muita, muita utilização, mas fiquei apaixonada pelo Huawei P8. Há três coisas que procuro num smartphone quando preciso de comprar um, ou quando ando a analisar hipóteses, como é o caso: a qualidade da câmara (frontal e traseira), o sistema operativo (um Android avançado) e a duração da bateria. E o Huawei P8 tem nota elevada em todas as três – e em todas as outras!

Agora que tenho de o devolver, já sei o que vou pedir à famelga para o meu aniversário (ainda bem que é já em Agosto!) porque o P8 mostrou-me que estava mesmo muito atrasada no que diz respeito a smartphones. Fui, pela primeira vez, passar 3 dias fora sem levar o computador porque consegui agendar tudo no blog e redes sociais a partir do P8 sem qualquer problema! Para mim, é uma verdadeira conquista e torna a minha vida muito mais fácil… e leve.

Nunca houve nenhum bug, nenhuma aplicação crashou, não ficou lento, nada! Uma verdadeira maravilha! Tudo flui, tudo é rápido a abrir e a fechar e tem tantas, tantas características que adoro… E a câmara é qualquer coisa de fenomenal. Pelo preço (499€) é um telemóvel que está ao nível dos gigantes e que vai fazer sombra a muitos outros modelos bem classificados. Sei que, ainda assim, não está ao nível do bolso de muita gente (e para o meu também é algo elevado considerando que tenho uma casa e despesas para pagar todos os meses) mas, para quem precisa de um telemóvel que funcione quase como que um pequeno computador (e que precise de rapidez, muitas aplicações e uma excelente câmara), este é um modelo a ter em conta, especialmente considerando que, sendo o topo de gama da Huawei, é beeeeem mais barato do que os topos de gama que a concorrência. Fiquem atentos porque vou fazer o vídeo a exemplificar estas características, para verem como é mesmo verdade e o quão espectacular é.

Parabéns Huawei! Conquistaram-me à primeira e fiquei rendida ao P8. Se quiserem saber, faço anos a 19 de Agosto (fica a sugestão ehehehe).

P.S: Não, não falei de assuntos mais técnicos porque isso conseguem ver em qualquer site de tecnologia, e até mesmo no artigo de apresentação do Huawei P8 que fiz inicialmente (podem lê-lo aqui). Por isso, se quiserem entrar em detalhes técnicos, nada melhor do que visitarem o site do Huawei P8 e descobrirem todos os mais ínfimos pormenores (visitem-no aqui). E têm sempre o Facebook da Huawei Portugal, onde podem colocar mais dúvidas à marca.