Living in B's Shoes Porto

No fim-de-semana estive entre Espinho e o Porto, para um fim-de-semana que passou a correr. A noite de sexta-feira foi passada no Casino de Espinho, com um jantar delicioso no melhor buffet do país (a sério, ainda não consegui encontrar nenhum buffet melhor que aquele) e, depois, no Bingo (não ganhei nada… nem sorte ao jogo, nem ao amor).

Living in B's Shoes PortoLiving in B's Shoes PortoLiving in B's Shoes PortoNo dia seguinte, pegámos em nós e apanhámos o comboio para o Porto onde, depois de subirmos os Aliados, fomos ao 17º Restaurante, no 17º andar do Hotel Dom Henrique, bem perto do Mercado do Bolhão. UAU! Que vista incrível. Gostámos tanto que ficámos lá até ao pôr-do-sol, que irão ver nas imagens a seguir.

Living in B's Shoes PortoLiving in B's Shoes Porto Living in B's Shoes Porto Living in B's Shoes Porto Living in B's Shoes PortoNum instante, despachámo-nos para ir jantar a Leça da Palmeira, no restaurante Terminal 4450. Dividimos uma francesinha, um hamburguer de boi e um prego no prato, acompanhados de batata doce frita e uma sangria de rosé. Ficámos mais que satisfeitas e adorámos a decoração mas, a seguir, estava na hora de ir para o centro do Porto, nas Galerias Paris.

Living in B's Shoes Porto Living in B's Shoes PortoNestas ruas, bebemos algumas bebidas nos bares e parámos no Book, um restaurante que era uma antiga livraria e tem livros por todo o lado. Mas, para terminar a noite, fomos para a Kasa da Praia. Pertencente ao mesmo grupo do Urban (aqui de Lisboa, mas que eu nunca visitei), deu para dar um pézinho de dança com elas, embora tivesse enchido tanto que quase sufocava.

Living in B's Shoes Porto Living in B's Shoes Porto Living in B's Shoes Porto